Love Mondays


Vaga de Vigilante
Coamo em Campo Mourão - PR

Descrição da Vaga

Vigilante

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Segurança - Vigilância
  2. Nível hierárquico: Operacional
  3. Local de trabalho: Campo Mourão, PR
  4. Curso de Formação de Vigilante;
  5. Ensino Médio Completo;
  6. Residir em Campo Mourão;
  7. Disponibilidade de Horários e Turnos.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Médio (2º Grau)
  • Título da vaga Vigilante
  • Empresa COAMO

Seguir esta empresa
* Jornada Período Integral
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário A combinar
* Localidade Campo Mourão, PR

Leia mais

Avaliações da Coamo


Satisfação geral dos funcionários

3.92
  • Remuneração e benefícios
    3.33
  • Oportunidade de carreira
    3.17
  • Cultura da empresa
    3.58
  • Qualidade de vida
    3.75

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 5 dias

    Satisfeito com a empresa

    Ex-funcionário, saiu em 2018


    Prós: Cultura da empresa. Todos são muito amigáveis e com grande vontade de ensinar. Várias áreas de conhecimento e oportunidades de aprendizado, além de um grande suporte.

    Contras: Empresa com poucas oportunidades de crescimento, mas em contrapartida, investe em seus empregados, oferecendo capacitação, cursos e até pós-graduação.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Colegas de trabalho Prestativos. Mas cultura da empresa antiga.

    Analista de Sistema

    Campo Mourão, PR


    Prós: Colegas de trabalho muito prestativos e ajudam muito em qualquer coisa. Pagamento em dia. Sem cobrança excessiva no trabalho para a entrega de projetos.

    Contras: Cultura extremamente antiga, não aceita soluções adotadas pelo mercado de TI. Ouvir musica no ambiente de trabalho nunca! Não existe refeitório para o funcionário. E o café é servido 2 vezes por dia pela funcionário em um carrinho, falou em trazer cafeteira para o serviço dão risada da sua cara. Valoriza as pessoas de fora mais que os funcionários formados dentro da empresa!

    Recomenda a empresa: Não