• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Vendedor Pronta Entrega Cnh "C"Ou"D"
ManpowerGroup em Salvador - BA

Descrição da Vaga

Vendedor Pronta Entrega Cnh "C"Ou"D" - Salvador

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Comercial, Vendas - Venda Externa
  2. Nível hierárquico: Operacional
  3. Número de vagas: 10
  4. Local de trabalho: Salvador, BA
  5. Irá atuar no segmento de venda pronta entrega, atendendo clientes do roteiro, organizando displays, recebendo valores.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Médio (2º Grau)
  2. Habilitação para dirigir (Categoria C, Categoria D, Categoria E)
  3. Disponibilidade para viajar

Benefícios adicionais

  1. Comissões, Previdência Privada, Seguro de Vida, Vale-refeição
  • Título da vaga Vendedor Pronta Entrega Cnh "C"Ou"D" - Salvador
  • Empresa MANPOWER STAFFING (VA)

Seguir esta empresa
* Jornada Período Integral
* Tipo de contrato Temporário
* Salário R$ 2.500,00 (Bruto mensal)
* Localidade Salvador, BA

Leia mais

Avaliações da ManpowerGroup


Satisfação geral dos funcionários

3.22
  • Remuneração e benefícios
    2.91
  • Oportunidade de carreira
    2.26
  • Cultura da empresa
    2.82
  • Qualidade de vida
    2.74

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 12 dias

    Aprendizagem

    Jovem Aprendiz

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: A empresa dá muita flexibilidade referente a horário, dá também autonomia no trabalho, o clima é agradável, proporciona muita aprendizagem.

    Contras: O salário e o VR são muito baixos. O funcionário poderia ser um pouco mais valorizado financeiramente

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Preocupar -se mais com os funcionários internos e com os alocados que estão trabalhando no cliente.

    Funcionário

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Ambiente agradável e espaço diferenciado, que proporcionam bem estar aos funcionários e candidatos que realizam entrevistas na ManpowerGroup.

    Contras: Infelizmente a Empresa sobrecarrega demais o funcionário com demandas excessivas e desigualdade (no que diz respeito à alguns privilégios obtidos por alguns funcionários e não por outros). Falta de reconhecimento profissional, autonomia e clareza bom que diz respeito aos alinhamentos entre gestores, cordenadores, clientes e gerência.

    Conselhos para presidência: Saber ouvir o funcionário interno, observar a desigualdade e entre funcionários, contratar pessoas para as demandas existentes (pois são inúmeras) e obter mais clareza nos alinhamentos e resultados obtidos e os objetivos a serem alcançados.

    Recomenda a empresa: Não