• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Vendedor Interno
Kalunga em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Vendedor Interno - Televendas

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Telemarketing - Telemarketing / Call Center Ativo
  2. Nível hierárquico: Auxiliar
  3. Número de vagas: 10
  4. Local de trabalho: São Paulo, SP
  5. Irá atuar no Telelevendas com vendas de produtos de escritório e informática. Desejável vivência na área de telemarketing ativo. Ensino médio completo ou cursando superior. Salário 1.492,00 mais comissão. Disponibilidade para trabalhar de segunda a sexta-feira das 08:00 às 18:00 horas.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Médio (2º Grau)

Benefícios adicionais

  1. Assistência médica, Assistência odontológica, Auxílio farmácia, Vale-transporte
  • Título da vaga Vendedor Interno - Televendas
  • Empresa kalunga

Seguir esta empresa
* Jornada Período Integral
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário R$ 1.400,00 a R$ 1.500,00 (Bruto mensal)
* Localidade São Paulo, SP

Leia mais

Avaliações da Kalunga


Satisfação geral dos funcionários

3.20
  • Remuneração e benefícios
    2.74
  • Oportunidade de carreira
    2.55
  • Cultura da empresa
    2.92
  • Qualidade de vida
    2.74

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 1 ano

    Avaliação

    Vendedor

    São Paulo, SP


    Prós: Bom convívio social com os colegas de trabalho Bons gerentes em boa parte das lojas Pagamento em dia

    Contras: Pressão constante com possibilidade de demissão Nem todos os gerentes permitem um bom fluxo de trabalho

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 ano

    Um bom lugar, mas sem benefícios atrativos

    Assistente

    São Paulo, SP


    Prós: Bom ambiente de trabalho, temos liberdade para agir nas atividades aos quais somos designados. O salário é bom e nunca atrasou, oferecem prêmios aos funcionários que se destacam em loja e na área de vendas.

    Contras: A empresa não possui benefícios atrativos para os empregados e não possui um plano de carreira bem estruturado para seus empregados o que leva a desmotivação e "fuga" de bons profissionais.

    Conselhos para presidência: Precisam valorizar mais os bons profissionais.

    Recomenda a empresa: Sim