• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Vendedor Interno
Yellohello em Barueri - SP

Descrição da Vaga

Vendedor Interno - Bb

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Comercial, Vendas - Venda Interna
  2. Nível hierárquico: Auxiliar
  3. Local de trabalho: Barueri, SP
  4. PARA VENDEDOR INTERNO:
  5. Missão:
  6. Realizar venda com foco nos produtos da empresa;
  7. Fortalecer o relacionamento com os clientes;
  8. Atividades a serem desempenhadas:
  9. Prospecção de cliente;
  10. Gerir a carteira de clientes e identificar novas s de negócios;
  11. Atendimento e Negociação (na empresa e por telefone);
  12. Elaboração de Propostas Comerciais;
  13. Gerenciamento do processo de vendas (preenchimento sistema e acompanhamento do pedido até a entrega);
  14. Requisitos:
  15. Experiência na área comercial em vendas por telefone e pessoal
  16. Ensino Médio Completo ou Cursando Superior em Administração e/ou áreas afins
  17. Experiência com vendas em Ecommerce
  18. Remuneração: fixa + comissões

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Superior
  2. Habilitação para dirigir

Benefícios adicionais

  1. Assistência médica, Vale-refeição, Vale-transporte
  • Título da vaga Vendedor Interno - Bb
  • Empresa YELLOHELLO

Seguir esta empresa
* Jornada Período Integral
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário A combinar
* Localidade Barueri, SP

Leia mais

Avaliações da Yellohello


Satisfação geral dos funcionários

2.53
  • Remuneração e benefícios
    2.59
  • Oportunidade de carreira
    2.24
  • Cultura da empresa
    2.29
  • Qualidade de vida
    2.24

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 15 dias

    Uma empresa para crescer junto e se diferenciar do mercado de atendimento ao cliente

    Coordenador

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente de trabalho agradável, liderança pró ativa e humana, abertura para dar ideias, propor melhorias e criar uma empresa cada vez melhor para se trabalhar.

    Contras: Comparando a outras empresas do seu segmento, eu a vejo como muito melhor e muito diferenciada sendo muito mais um boutique de atendimento do que um call center.

    Conselhos para presidência: A empresa está atenta às melhorias que são necessárias e vejo que já estão dando tratamento aos pontos que elencamos em pesquisa de clima recentemente. Gosto de trabalhar aqui e vejo que existe a preocupação por melhoria continua, o que faz com que acreditemos mais e mais no sucesso da empresa e consequentemente no nosso como colaborador.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 21 dias

    Uma boa empresa em uma péssima fase.

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2018

    Barueri, SP


    Prós: Ambiente não é hostil, salários compatíveis, não atrasam mais o salário, supervisores são uns amores, o que salva na empresa é a humanidade das pessoas a diversidade.

    Contras: Há MUITAS coisas ruins, mas sempre vi a esperança dos funcionarios, pois a YelloHello tem um potêncial enorme, pois é feita de pessoas incríveis. SOBRE O TRATAMENTO QUE OS FUNCIONÁRIOS TEM: RH omisso, não faz jus ao nome "recursos humanos". VT sempre vem errado, beneficios eu nunca vi. Funcionarios se alimentando nas escadas dos prédios, sentados nos muros, na chuva alguns não saem para pausar pois não tem onde ficar. Cafézinho só em horario certo, o que muitas vezes não bate com o horario da pausa. Alguns precisam andar 1k2 (13min) até a empresa pois ela não paga o VT necessário. Existe um restaurante da Sodexo, onde só os supervisores podem jantar/almoçar, enquanto os funcionarios pegam um ticket e passam pela bancada de comida (passam vontade) para retirar um lanchinho composto de: 1 suco de caixinha aleatório, 2 pãezinhos pequenos de hotdog com frios, uma paçoça e uma maçã, era melhor manter o VR pelo menos dava pra comer um subway ou algo na panificadora que tem ali perto, ou ate mesmo pedir um ifood, o que soa contraditório, prestamos serviço pro iFood e não temos uma boa alimentação. Funcionários precisam correr atras das informações e de seus direitos, pois ninguem te posiciona sobre nada. Eles te registram quando voce entra e nunca mais atualizam sua carteira. Tem muita gente boa lá dentro que não é reconhecida, dão preferencia aos mais chegados. Ouvi relatos de pessoas que 'subiram de cargo' mas só receberam o salário correto após 3 meses, sendo que pessoas de fora foram contratadas direto pro mesmo departamento e recebem o salario correto, ou seja, um funcionario luta pra subir de cargo, tem uma baita experiência, mas não vão receber aumento, e uma pessoa novata que não sabe de nada já entra recebendo mais que esse funcionário. Ar condicionado? Só de enfeite, no calor os poucos mousepads que tem na empresa a galera usa de leque pra se abanar, ai a galera abre a janela pra tentar aliviar, ai entra um monte de inseto, em dia de calor aquele lugar é literalmente o inferno (para alguns departamentos, pois tem alguns que tem ar condicionado e outros não concentram tanto calor) Sistema de telefonia pre-histórico, sempre da erro, cai ligação, tem que re-logar pra voltar a funcionar. SOBRE OS PROCESSOS DE TRABALHO: Alguns supervisores parecem que não tem experiencia, alguns perdidos, lutando para manter o emprego. Muita demanda sem noção, enxugar gelo fazem bastante. Ninguem para pra ouvir o funcionario, pois eles apenas fazem o que o cliente manda (ifood). Não querem saber, querem resultados mas não entendem que até se trabalhar 12 horas por dia não bate a meta. Existem outras empresas trabalhando no mesmo projeto o que acarreta em muita bagunça, muita coisa errada nos processos, acaba sendo uma dor de cabeça por conta dos erros dos outros. Funcionários não recebem treinamento, são colocados ao lado de alguem por 1 dia assistindo e depois já começam a operar, o que acarreta em erros e mais erros, sem falar no stress que o funcionário passa. Cadeiras quebradas, computadores antigos, o pessoal de infra não tem nem mouse pra trocar caso algum quebre, teclados velhos, nao tem nem mousepad. O que acontece é que até os supervisores (que são ótimas pessoas) lutam em meio a bagunça para manter o emprego, não vejo ninguem ali com prazer em trabalhar, é um monte de gente sobrevivendo e lutando para manter um emprego, aceitando trabalhar nessas condições bizonhas e recebendo ordens do cliente. Se o cliente (ifood) visse as condições que os funcionários trabalham, eles teriam mais cautela, porque do mesmo jeito que um "parceiro" ou "cliente" pode reclamar e acabar com a reputação, funcionários tercerizados dessa empresa tambem podem e isso é muito perigoso para todos, pois todos ali são motivados e sentem prazer em trabalhar para o ifood, mas a gestão da Yello Hello deixa a desejar e desmotiva muitos a cada dia.

    Conselhos para presidência: A empresa tem tudo pra ser a melhor, mas precisam olhar para o funcionario, para tudo. Se tratarem bem os funcionários dando condições básicas para trabalhar, todo o resto vai fluir normalmente da melhor forma. Vejam como as grandes empresas fazem, façam igual. Capacite mais ainda a galera do RH, dê condições para que eles façam um trabalho excelente, contratem mais profissionais de rh se necessário, isso ja irá diminuir bastante o descontentamento dos funcionários e todos esses erros que existem. Nunca ouvi falarem bem do RH e isso não é legal. Pensem no lado recreativo, campanhas, uma cultura baseada em animar o funcionário fazendo que ele tenha prazer em ir trabalhar, coloquem snackmachines, café open, um lugar legal para eles pausarem, coisas que traga conforto ao funcionário, essa parte é de extrema importancia. A alimentação é importante, é a parte que a galera desestressa, repõe a energia, tem que ser algo prazeroso, ou dar a opção de comer onde quiser, digo isso pois essa tem sido a maior reclamação desde que a empresa mudou para Alphaville. Fiquem de olho nos talentos que vocês tem, conheci pessoas incriveis dotadas de um grande conhecimento, mas que estão ali apenas pela necessidade. Um incentivo ao funcionarios seria ótimo, o mindset é: invista nos funcionários isso é investimento! Vejam que as avaliações sobre a YH na internet (Google, infojobs, lovemondays) nunca foram positivas, sempre com péssimas avaliações, e isso não é nada bom para YelloHello, como vão conseguir clientes ou mante-los? Isso pesa negativamente para vocês, é necessário mudar de vez. Já está na hora de investir mais, mudar a coisa toda, vocês precisam reverter esse quadro. Muitos são gratos pela oportunidade, e muitos apesar de tudo vestem a camisa da empresa, desde analistas, supervisores, gestores, toda a galera que bota a mão na massa. E garanto que se olhar melhor para eles, eles vão se unir e juntos ajudarão a Yello ser a melhor empresa para se trabalhar. A mudança tem que vir lá de cima. "Trate sempre os seus funcionários exatamente como quer que eles tratem os seus melhores clientes" - Stephen Covey

    Recomenda a empresa: Sim