• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Técnico de Segurança do Trabalho
Grupo Selpe em Itabirito - MG

Descrição da Vaga

Técnico de Segurança do Trabalho

Realizar inspeção de segurança;
Elaborar relatórios técnicos;
Realizar treinamentos introdutórios e diversos assuntos de segurança para os colaboradores e terceiros;
Conferência da documentação PPRA, PGR, PCMS, fichas de EPI's e ASO;
Realizar inspeção de extintores de incêndio;
Realizar análise de acidente e elaboração de relatório juntamente com a CIPA;
Preenchimento de CAT;
Participar de reuniões de segurança no cliente;
Elaborar documentos como PPRA e PGR conforme modelo definido pela coordenação direta/ cliente;
Experiência na área de mineração.

Leia mais

Avaliações da Grupo Selpe


Satisfação geral dos funcionários

3.33
  • Remuneração e benefícios
    2.44
  • Oportunidade de carreira
    2.44
  • Cultura da empresa
    2.89
  • Qualidade de vida
    3.22

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 21 dias

    Lugar bom para se trabalhar para quem gosta de controle.

    Consultora de Recursos Humanos (RH)Ex-funcionário, saiu em 2016

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Possibilidade de novas aprendizagens. Trabalho dinâmico e diversificado. Estão abertos a inovação. Proporciona segurança e estabilidade. Cumpre adequadamente com os deveres legais.

    Contras: Pessoas são promovidas por laços de amizade e proximidade. Não há plano de cargos e salários. Ambiente rígido e controlador. Estão focados em melhoria de processos, sem foco no desenvolvimento de pessoas.

    Conselhos para presidência: Foquem no desenvolvimento de pessoas.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 26 dias

    O discurso ainda é diferente da prática

    Analista de Recursos Humanos (RH)Ex-funcionário, saiu em 2017

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Sobra oportunidade para quem quer aprender porque o volume de trabalho é alto. A estrutura da empresa é boa, bons equipamentos. Pra quem quer trabalhar com RH é uma empresa boa pro currículo.

    Contras: Não existem movimentos para engajamento dos funcionários. As equipes trabalham isoladas, gera um clima quase de competição. A gestão é muito verticalizada, muitos chefes entram no trabalho da equipe. Nas poucas comunicações que recebemos, falam muito de inovação mas não tem nada que estimule a inovação dentro da empresa de verdade. Cultura muito rigida de ponto, não existe nada de reconhecimento do bom trabalho.

    Conselhos para presidência: Tentar trazer o discurso de inovação para perto dos funcionários e não ficar somente na cabeça dos chefes. Dar treinamento pras pessoas.

    Recomenda a empresa: Sim