Olá! Love Mondays irá virar Glassdoor em 26 de junho. Saiba mais
  • Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Técnico De Enfermagem
Associação Educadora São Carlos (AESC) em Porto Alegre - RS

Descrição da Vaga

Técnico De Enfermagem - Sala De Recuperação Internados

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Saúde - Outras Especialidades Médicas
  2. Nível hierárquico: Operacional
  3. Número de vagas: 2
  4. Local de trabalho: Porto Alegre, RS
  5. Prestar assistência permanente ao paciente acompanhando sua evolução, monitorando sinais vitais, observando seu estado geral e acompanhando monitores e equipamentos. Prestar atendimentos em todas as unidades do hospital, quando solicitado.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Curso Técnico
  • Título da vaga Técnico De Enfermagem - Sala De Recuperação Internados
  • Empresa ASSOCIACAO EDUCADORA SAO CARL...

Seguir esta empresa
* Jornada Noturno
* Tipo de contrato Temporário
* Salário A combinar
* Localidade Porto Alegre, RS

Leia mais

Avaliações da Associação Educadora São Carlos (AESC)


Satisfação geral dos funcionários

3.50
  • Remuneração e benefícios
    3.75
  • Oportunidade de carreira
    1.75
  • Cultura da empresa
    2.50
  • Qualidade de vida
    2.50

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 4 meses

    Para os níveis atuais salarias, esta aceitável.

    Técnico Segurança do Trabalho

    Porto Alegre, RS


    Prós: Ambiente de trabalho agradável e é possível ter vida após o horário de trabalho. Empresa com uma perspectiva bastante interessante para os próximos anos.

    Contras: Falta de oportunidades para seus funcionários, muito fraco de benefícios uma vez que o funcionário não pode ser atendido no próprio hospital com o plano de saúde que nos é fornecido.

    Conselhos para presidência: Valorizar mais seus funcionários

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 3 meses

    Já foi melhor.

    Técnico de Enfermagem Clínica

    Porto Alegre, RS


    Prós: Bom Salário (só perde para um hospital privado da cidade). Bons colegas, que fazem o trabalho ser mais leve. Não falta material, mas também não tem sobrando. Refeição a baixo custo.

    Contras: Exigências fora do cargo, chefias pressionadas a mostrar resultado levando a um ambiente ruim de trabalho. Na integração passam a sensação de que voce vai fazer parte de um grupo como todo, mas como todo o hospital, o técnico passa o plantão dando seu melhor e o reconhecimento é pouco.Além de ter de se pagar os quinze minutos de intervalo (tem que bater 10 minutos antes e na saida 5 minutos depois ou no ponto vai ser descontado os 15 minutos de intervalo, que são automáticos no sistema). Em alguns setores é embaraçoso o técnico ter de justificar o uso de material básico em prescrição (como seringas e agulhas), porque o setor o material é contado.

    Conselhos para presidência: Precisa melhorar, deixar de ver o paciente e o funcionário como meios para lucrar.

    Recomenda a empresa: Não