• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Supervisor De Vendas
TMS em Curitiba - PR

Descrição da Vaga

Supervisor De Vendas - Curitiba E Região

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Comercial, Vendas - Lojas / Shopping
  2. Nível hierárquico: Supervisor
  3. Local de trabalho: Curitiba, PR
  4. Buscamos profissional para gestão de equipe de vendas do grande varejo, para atuar na área de telecom, responsável diretamente na gestão de equipe e resultados, construindo relacionamento nos locais atendidos junto ao time de vendas.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Médio (2º Grau)
  2. Português (Nativo - Requerido)
  3. Habilitação para dirigir (Categoria B)
  4. Veículo próprio
  5. Disponibilidade para viajar
  6. Disponibilidade para mudar de residência
  7. Aplicações de Escritório: Microsoft Excel, Microsoft Outlook, Microsoft PowerPoint, Microsoft Word

Benefícios adicionais

  1. Assistência médica, Assistência odontológica, Auxílio combustível, Bônus por resultado, Celular Corporativo, Seguro de Vida, Vale-alimentação, Vale-refeição
  • Título da vaga Supervisor De Vendas - Curitiba E Região
  • Empresa TMS
  • Jornada Período Integral
  • Tipo de contrato Efetivo – CLT
  • Salário R$ 1.800,00 a R$ 2.800,00 (Bruto mensal)
  • Localidade Curitiba, PR
Leia mais

Avaliações da TMS


Satisfação geral dos funcionários

2.00
  • Remuneração e benefícios
    2.00
  • Oportunidade de carreira
    3.00
  • Cultura da empresa
    2.00
  • Qualidade de vida
    1.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 2 meses

    Uma avaliação razoável.

    Supervisor/CoordenadorEx-funcionário, saiu em 2018


    Prós: Mobilidade na função, oportunidades de mercado, flexibilidade, e diálogo aberto com gestor direto mas devido às falhas em geral não trabalharia novamente.

    Contras: Salários atrasam e você não sabe se permanece na empresa a cada mês que passa devido a rotatividade e a metas altissimas. Não ttabalharia novamente.

    Conselhos para presidência: Tratar com mais dignidade os funcionários.

    Recomenda a empresa: Não