Love Mondays


Vaga de Supervisor de Merchandising
Colgate Palmolive em Feira de Santana - BA

Descrição da Vaga

Supervisor de Merchandising - Feira de Santana / BA

Atividades:
Atuar como Supervisor de Merchandising, realizando Visitas em PDVs, Negociações com Gerentes de Loja, Gestão da Equipe de Promotores, Gestão dos Materiais de Merchandising, Gestão das Ações Promocionais, Monitorar Preços, Espaços e Visibilidade da Marca, Suporte à Equipe de Vendas, Análise e Apresentação de Resultados.
É necessário que o(a) candidato(a) possua:
* Ensino Superior Completo;
* Experiência na área comercial;
* Habilidade e experiência em Gestão de Pessoas;
* Carteira de Habilitação B
* Válida;
* Foco em resultado;
* Conhecimentos em Internet e pacote Office (Excel, Word e Power Point)
Necessário disponibilidade para viagens curtas.
Salário e Benefícios compatíveis com o mercado.

Leia mais

Avaliações da Colgate Palmolive


Satisfação geral dos funcionários

3.94
  • Remuneração e benefícios
    3.73
  • Oportunidade de carreira
    3.39
  • Cultura da empresa
    3.88
  • Qualidade de vida
    3.75

Recomendam a empresa a um amigo




  • Há mais de 1 ano

    Empresa grande, porém...

    Analista de Web DesignEx-funcionário, saiu em 2011

    São Paulo, SP


    Prós: A empresa paga um salário bom, tem bons benefícios. Local de trabalho é de fácil acesso e ganha-se o conhecimento de como uma empresa multinacional se organiza. Parece ter uma boa cultura de empresa, mas infelizmente não se aplica a todos os departamentos. Boa para colocar no currículo.

    Contras: Exige-se muito conhecimento para um trabalho operacional repetitivo, monótono e desatualizado, com utilização de plataformas arcaicas e engessadas de gestão de portais, websites e hotsites. A gestão da equipe era realizada por pessoas despreparadas e inseguras com medo de perder "o cargo bom na empresa grande", deixando o ambiente de trabalho muito tenso, pois nem para o lado o funcionário podia virar para falar algo. Gestores não pareciam se preocupar com o bem estar da equipe, apenas com resultados. A coisa era feia, a ponto de haver mal-estar por conta de existir alguma rodinha de bate-papo sem o gestor por perto no almoço, ou sair da empresa na hora em seu horário livre no almoço . A insatisfação era por parte de todos na equipe, porém muitos não diziam nada por medo de retaliação, ou perder seu emprego. Poucas instruções sobre planos de carreira. Para quem não se importa em ficar estagnado na carreira para trabalhar numa empresa grande com um salário justo, é interessante.

    Conselhos para presidência: O RH deve avaliar de perto qual é o nível de satisfação e opinião sobre o trabalho, ambiente, equipe, junto aos analistas/colaboradores dentro da equipe, de forma inteligente, pois a avaliação individual feita pelos próprios gestores não é eficaz. o Canal de Compliance deve ser mais acessível e diretamente com o RH. Rever as qualificações dos gestores, para concluir se os mesmos tem preparo e perfil psicológico ideal para liderar pessoas numa equipe. Líderes de pessoas devem ter perfil e treinamento adequados para ocuparem tal cargo, pois do contrário, uma área inteira pode ser prejudicada e a empresa deixa de extrair o melhor de cada colaborador.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 meses

    Aprendiz não tem vez

    Jovem Aprendiz AdministrativoEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Eu era jovem aprendiz, mas a empresa é muito boa, os funcionários são bem treinados embora as vezes tenha alguma desavença, mas em geral é uma empresa ótima.

    Contras: Por mais que o jovem se mostre esforçado, os gestores não dão tanto reconhecimento, a pessoa pode até estar fazendo curso superior, mas não tem chances de ser efetivado em nenhum cargo ADM.

    Recomenda a empresa: Sim