Love Mondays


Vaga de Subgerente De Loja De Shopping
Cinépolis em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Subgerente De Loja De Shopping - Cinema

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Comercial, Vendas - Lojas / Shopping
  2. Nível hierárquico: Gerente
  3. Local de trabalho: São Paulo, SP
  4. Irá auxiliar o Gerente na parte administrativa e operacional do cinema. Liderar equipe em todos os processos internos da empresa.
  5. Escala 6x1 , 7h20 de trabalho com 1 hora de almoço.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Superior
  2. Português (Avançado)

Benefícios adicionais

  1. Assistência médica, Assistência odontológica, Bônus por resultado, Seguro de Vida, Vale-refeição, Vale-transporte
  • Título da vaga Subgerente De Loja De Shopping - Cinema
  • Empresa CINÉPOLIS OPERADORA DE CINEMA...

Seguir esta empresa
* Jornada Parcial noites
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário R$ 1.700,00 (Bruto mensal)
* Localidade São Paulo, SP

Leia mais

Avaliações da Cinépolis


Satisfação geral dos funcionários

2.96
  • Remuneração e benefícios
    2.14
  • Oportunidade de carreira
    2.45
  • Cultura da empresa
    2.82
  • Qualidade de vida
    2.18

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 20 dias

    Empresa de conforto para o trabalho

    Ex-funcionário, saiu em 2016


    Prós: Empresa com oportunidade de crescimento, muito boa em te ouvir e tentar fazer o melhor para ela e o funcionario Entrevista tranquila porém injusta

    Contras: Não vi muito pontos negativos na empresa, remuneracão boa, porém seria bom um VR ou VA, pelo menos no meu cargo eu não tive taís benefícios...

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 26 dias

    É uma empresa mais ou menos.

    Funcionário

    Campo Grande, MS


    Prós: Cortesias, a empresa deixa em casa os funcionários que saí depois das 23hs, os estagiários tem carga reduzida em época de provas. A equipe é um pouco animada.

    Contras: Salário muito abaixo do mercado, ticket é muito pouco e não tem refeição no local, gerência desorganizada, alta rotatividade, quadro de funcionários desfalcado, excesso de trabalho, plano de carreira quase zero, falta de plano médico para os funcionários, falta de comunicação da gerência, falta de incentivo aos funcionários e falta de inovação.

    Conselhos para presidência: Inovação e fiscalização mais rigorosa.

    Recomenda a empresa: Não