Love Mondays


Vaga de Redator Técnico
Infracommerce em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

O que consideramos essencial para a vaga:
* Analítico
* Paixão por tecnologia
* Visão de negocio
* Experiencia com levantamento e especificação de requisitos.

Leia mais

Avaliações da Infracommerce


Satisfação geral dos funcionários

3.42
  • Remuneração e benefícios
    3.59
  • Oportunidade de carreira
    3.00
  • Cultura da empresa
    3.73
  • Qualidade de vida
    3.32

Recomendam a empresa a um amigo




  • Há 28 dias

    Boa se dependendo da sua área de atuação...

    FuncionárioEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: A empresa é bem localizada, oferece bons benefícios como frutas frescas, mesas de bilhar e ping-pong, boas festas. O clima entre os funcionários da mesma área é sempre bom, gerando um clima de proteção. Os clientes são bem bacanas, boas empresas e bons projetos. Dá para ficar envolvido com o mercado, ganhar experiência e ainda ter boas marcas no currículo. Diretoria de operações é a melhor da empresa. Diretor tem o feeling exato para fazer as coisas acontecerem e praticamente carrega a empresa nas costas. Torço para que seja o futuro CEO da empresa. É um diretor de fácil acesso e facilmente divide conhecimentos. Os elogios vem com o mesmo peso das broncas quando merecidos. Logística, ao menos na matriz, me parecia bem feita e muito bem liderada. Portanto se você é um profissional de marketing, social media, gerenciamento de e-commerce, gerenciamento de conteúdo ou logística, é um bom lugar para trabalhar sim. Especialmente aprender.

    Contras: Bem, aqui são muitos. RH: Despreparado e arrogante. Especialmente a profissional que está a frente do departamento. Age como se estivesse fazendo favores aos funcionários. O departamento de TI é o pior de todos. É dividido em 2 fábricas de softwares e desenvolvedores na matrix para customizações e front-end. Uma das fábricas de software é preguiçosa, tendenciosa, entrega o trabalho sempre mal-feiro e fora do prazo. A fabrica de software que é a dona do produto é completamente contra novas tecnologias e inovações. Nunca dá para fazer nada. Os desenvolvedores locais, em sua maioria, são juniores, mal pagos e graças a uma gestão medonha, agem como crianças mimadas que não nunca pode receber nenhum tipo de cobrança. O Gerente de TI não tem o mínimo de ética necessária para se trabalhar em um posto como esses. É incompetente e, sempre que há algo bem feito, ele atribui a conquista a ele. Sempre que algo dá errado, ele culpa alguém, preferencialmente os gerentes de projeto ou pessoas de outras áreas. O diretor de TI (ou CTO) é o cara mais sem educação com quem já tive que dividir uma mesa. É mesquinho e completamente injusto. Jamais sabe reconhecer boas medidas. É completamente pessoal e tende a proteger aqueles que são incompetentes, porém de baixo custo. É o tipo de gestor é capaz de detonar um colaborador que está indo bem para evitar risco de negociações de salário. É totalmente desequilibrado, nunca conseguindo dividir qualquer tipo de conhecimento. O departamento de gerenciamento de projetos até o último dia que lá trabalhei era uma completa piada. O gerente do escritório de projetos não sabia como calcular SPI e CPI. Não tinha nenhuma base de documentação. Assim como o diretor de TI, era completamente movido a emoções pessoais, tendendo a protejer pessoas claramente incompetentes (e de baixo custo) e jogar na fogueira os seniors (alto custo) para poder ter motivos para descartar. Até onde eu sei, este profissional, quando foi trabalhar com um diretor movido a resultados e não a emoções, não suportou a pressão e se mandou. Portanto, se você é profissional de gerenciamento de projetos ou TI, não perca seu tempo. Não há nada para aprender, não há nada para carregar com você para o futuro que não um ambiente estressante e mágoas.

    Conselhos para presidência: Comprem a parte do CTO antes que ele leve a empresa ao buraco. Coloquem Magento ou qualquer outra plataforma robusta, e não uma plataforma tão difícil de ser manipulada ou administrada. Muito dinheiro em manutenção está sendo jogado no lixo. Encarem gerenciamento de projetos da maneira como deve ser encarada, com o respeito que merecem. Mas, para isso, coloquem bons profissionais e não somente pessoas perdidas e de baixo custo, que não sabem mais do que mudar datas em um cronograma quando não recebem aquilo que foi entregue. Não há capacidades básicas como escrever um escopo, priorizar requisitos ou mesmo medir os mesmo. O gerenciamento de produto era uma grande promessa. Acreditem na profissional que está a frente.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 meses

    Uma empresa em que me arrependi de ter entrado

    Desenvolvedor Java PlenoEx-funcionário, saiu em 2017

    São José dos Campos, SP


    Prós: O salário e os benefícios recebidos eram muito bons em relação à outras empresas da região. Possui vale refeição, plano de saúde e odontológico e seguro de vida.

    Contras: A empresa é muito desorganizada com relação aos projetos de personalização que pegava de seus cliente, geralmente tendo muito mais trabalho do que desenvolvedores para o trabalho. Diziam utilizar Scrum como metodologia de desenvolvimento, mas apenas utilizavam alguns rituais do Scrum, o que as vezes mais atrapalhava do que ajudava no desenvolvimento. O sistema principal da empresa foi desenvolvido à mais de 5 anos e pouca coisa mudou no sentido de melhorias e aperfeiçoamentos, aparentemente o foco era somente inserir novas funcionalidades, sem se importar muito com qualidade interna do sistema.

    Conselhos para presidência: Foquem em melhoria do sistema como um todo, não apenas em "amontoar um punhado" de funcionalidades no sistema. E deixem de tratar funcionário simplesmente como "recursos", como ouvi dizer várias vezes nos 6 meses que fiquei na empresa.

    Recomenda a empresa: Não