• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Recepcionista
Gauge em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Recepcionista

DESCRIÇÃO

A recepção é o cartão de visitas da empresa e desempenha um papel fundamental no atendimento das necessidades do cliente, na fidelização e satisfação desse cliente e na distribuição de informações e agilidade nos processos administrativos dentro da empresa.
O(a) Recepcionista será responsável por prestar serviços de apoio a clientes, visitantes; prestar atendimento telefônico e fornecer informações; marcar entrevistas e receber clientes ou visitantes; averiguar suas necessidades e dirigir ao lugar ou a pessoa procurados; agendar serviços, reservar (hotéis e passagens - quando solicitado); observar normas internas de segurança notificando sobre presenças estranhas. Organizar informações e planejar o trabalho do cotidiano.

Responsabilidades:
* Atendimento telefônico e presencial de clientes/fornecedores;
* Envio de correspondência no correio;
* Conferência e encaminhamento de correspondências;
* Serviços de cartório;
* Solicitar e controlar os serviços de motoboy;
* Agendamento e controle de uso de táxi;
* Agendamento e controle de salas de reunião;
* Controle e compra de materiais de escritório, limpeza SP e SJC;
* Solicitação de orçamentos diversos;
* Abertura/fechamento da empresa, ativar alarme;
* Digitações e impressões de arquivos e documentos
* Organizar as salas de reunião e o controlar os agendamentos de uso;
* No término da reunião, a copeira deverá ser avisada para que recolha as louças e faça a limpeza, antes da próxima reunião;
* Diariamente deve ser visto se há necessidade de materiais nas salas de reunião (blocos de anotação e canetas);
* No final do expediente, a recepcionista deve desligar todas as luzes e aparelhos de ar condicionado, bem como verificar se todas as janelas estão fechadas;
* Na saída do escritório a recepcionista deve ser fechar a porta e acionar o alarme.

REQUISITOS

  • Ensino superior completo ou cursando
  • Bons conhecimentos na língua portuguesa
  • Informática básica (office)
  • Experiência anterior como recepcionista
  • Residir no mesmo estado do trampo

OUTRAS INFORMAÇÕES

  • Horário de trabalho: de segunda à sexta-feira, das 12h30 às 21h30, com 1h30 de almoço.
Leia mais

Avaliações da Gauge


Satisfação geral dos funcionários

3.17
  • Remuneração e benefícios
    2.83
  • Oportunidade de carreira
    3.33
  • Cultura da empresa
    2.83
  • Qualidade de vida
    3.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 2 anos

    Apenas não se importam

    Agente ProfissionalEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente descontraído, possibilidade de aprender muito na prática, flexibilidade de horário (nem tão bom assim), boa localização, bolo no fim do mês e salário pago em dia.

    Contras: Os sócios simplesmente não se importam com o crescimento do profissional, gestores que não são avaliados pela qualidade do trabalho, funcionário são tratados como graxa de engrenagem, salário ridículo, benefícios quase nulos, pouca abertura para diálogo. Missão e valores só estão no mural. Empresa pequena com problemas de empresas grandes.

    Conselhos para presidência: Acordem antes que seja tarde

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Fujam, mas fujam de verdade

    Ex-funcionário, saiu em 2016

    São José dos Campos, SP


    Prós: Clientes grandes de se trabalhar. Salário compatível com o mercado. Projetos relativamente bacanas, porém que perdem o encanto ao longo do desenvolvimento por conta de muita burocracia e enrolação para aprovação interna.

    Contras: Falando de SJC, pois é um mundo a parte em relação a sede em SP: diretoria totalmente ausente. RH, por estar em SP, faz o que quiser com os funcionários e é muito desorganizado. Feedbacks inexistentes, plano de carreira muito mal estruturado. Gestão altamente duvidosa, "cargos de confiança" e de gestão são dados à pessoas que se quer possuem capacidade de coordenar/gerir um time. Prometem crescimento e trabalho em equipe e o que os funcionários recebem em retorno é descaso e individualismo (cada um por si). O ego fala muito alto nessa empresa, é altamente desmotivador. Equipe de monitoramento é tratada como um call-center a parte. Benefícios muito baixos.

    Conselhos para presidência: A rotatividade de funcionários em SJC é alta porque ninguém aguenta, seja na filial ou alocado no cliente. Prestem mais atenção em quem contratam como coordenador/gestor, pois capacidade para gerir equipe está faltando (de uma maneira excessiva).

    Recomenda a empresa: Não