• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Promotor De Vendas
TMS em Brasília - DF

Descrição da Vaga

Promotor De Vendas - Telefonia

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Comercial, Vendas - Demonstrador / Promotor
  2. Nível hierárquico: Operacional
  3. Local de trabalho: Brasília, DF
  4. Regime de contratação de tipo Efetivo – CLT
  5. Jornada Período Integral
  6. Promover a vendas de planos pós (controle) e pré-pagos
  7. Captar clientes, fazer abordagem, lançamento de vendas no aplicativo utilização do aplicativo para envio de vendas (input de vendas). Manter os espaços destinados aos produtos comercializados, pela marca, sempre limpos e organizados. Cultivar relacionamento saudável com gerentes e equipe da loja.
  8. Escolaridade Mínima: Ensino Médio (2º Grau)
  9. Experiência entre 1 e 3 anos
  10. VT 15,00 - VR 15,00 – PO - SV
  11. Premiações atrativas de acordo com as campanhas e metas atingidas.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Médio (2º Grau)

Benefícios adicionais

  1. Assistência médica, Assistência odontológica, Seguro de Vida, Vale-alimentação, Vale-refeição, Vale-transporte
  • Título da vaga Promotor De Vendas - Telefonia
  • Empresa TMS

Seguir esta empresa
* Jornada Período Integral
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário A combinar
* Localidade Brasília, DF

Leia mais

Avaliações da TMS


Satisfação geral dos funcionários

2.00
  • Remuneração e benefícios
    2.00
  • Oportunidade de carreira
    3.00
  • Cultura da empresa
    2.00
  • Qualidade de vida
    1.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 2 meses

    Uma avaliação razoável.

    Supervisor/CoordenadorEx-funcionário, saiu em 2018


    Prós: Mobilidade na função, oportunidades de mercado, flexibilidade, e diálogo aberto com gestor direto mas devido às falhas em geral não trabalharia novamente.

    Contras: Salários atrasam e você não sabe se permanece na empresa a cada mês que passa devido a rotatividade e a metas altissimas. Não ttabalharia novamente.

    Conselhos para presidência: Tratar com mais dignidade os funcionários.

    Recomenda a empresa: Não