• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Promotor(a) de Vendas Adjunta (Temporária)
Avon em Petrópolis - RJ

Descrição da Vaga

Promotor(a) de Vendas Adjunta (Temporária) - Petrópolis/RJ

Pré-requisitos:
* Ensino Superior Completo
* Experiência em gestão de vendas
* Experiência em gestão de pessoas (preferencialmente externa)
* Disponibilidade de viagens na região
* Conhecimentos em informática
* Pacote Office
* Carro próprio, CNH
Requisitos Desejáveis:
* Conhecimentos e experiências em venda direta
* Conhecimentos em empresas de cosméticos
Principais Atribuições:
* Atingir as metas de vendas do setor (área geográfica determinada pela Cia), mapeando o mercado de atuação para identificar e executar ações que resultará no crescimento de vendas e pedidos nas campanhas;
* Recrutar, capacitar e incentivar a equipe de Executivas de Vendas no campo. Incentivando as prospecções de novas Revendedoras; abordagem de pessoas para apresentação do negócio e possibilidades de ganhos; ações porta a porta; divulgação das promoções e ganhos que as Revendedoras atingem;
* Administrar os resultados através dos indicadores de performance do campo (pedidos, vendas, estabelecimentos, devoluções, remessas, atividade e retenção);
* Preparar e conduzir os encontros de negócios, eventos de reconhecimento, reuniões das campanhas de vendas para apresentar as informações e lançamentos;
* Conduzir atividades de faturamento, fechamento de campanha e malotes, elaboração de relatórios gerenciais;
* Realizar visitas as Revendedoras Ativas e Inativas para fortalecer o relacionamento, estabelecer novos pedidos e resolução de problemas.
Atuação
* Petrópolis/RJ
Salário Fixo + Benefícios de Mercado
Vaga temporária

Leia mais

Avaliações da Avon


Satisfação geral dos funcionários

3.65
  • Remuneração e benefícios
    3.78
  • Oportunidade de carreira
    3.17
  • Cultura da empresa
    3.46
  • Qualidade de vida
    3.21

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 mês

    Ótima empresa para se trabalhar

    Gerente

    São Paulo, SP


    Prós: Bom ambiente de trabalho, interação global muito forte e boas políticas de RH que incluem horário flexível, home office, programa de bem estar.

    Contras: Ainda existem muitos silos e falta de integração entre as áreas. A empresa passa por um momento de transformação com o novo CEO, o que traz novas perspectivas ao futuro da empresa e da marca.

    Conselhos para presidência: Investir mais na valorização da marca e em tecnologia para integrar os sistemas e otimizar os processos da empresa.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Decadência de uma empresa fantástica

    CoordenadorEx-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: Avon é referência em uma empresa para a Mulher. Levanta bandeiras importantíssimas como a Luta contra co Cancer de Mama e violência contra a mulher. Possuí muitos funcionários de altíssima competência e leva autonomia e empoderamento para milhares de mulheres no país e no mundo. Possui uma carta de benefícios para o público feminino que é fantástica, inclusive creche dentro da empresa. A remuneração fixa é muito boa - acesso aos produtos com preços super competitivos é um diferencial

    Contras: Avon ficou no passado, a empresa não se renovou quanto a processos e relações. Sua imagem externa parece ótima, transparece que valoriza diversidade, inclusão e como se possuísse uma mentalidade vanguardista, mas internamente é uma empresa burocrática, hierarquizada e lenta. Valoriza o pragmatismo demasiadamente e tem dificuldade de tomada de decisão, sobretudo no RH, que falta capacidade técnica, sobretudo na liderança, que ao longos dos anos foi se deteriorando com altíssmo turn over. Hoje é uma area fraca em influência, capacidade técnica e possui poucos líderes inspiradores. Remuneração variável é muito ruim, pouco meritocrática, local de trabalho em interlagos muitas vezes é um problema também.

    Conselhos para presidência: Seja internamente o que vocês falam para o mercado. Como uma empresa que valoriza tanto a diversidade e inclusão, que quer atingir cada vez mais o público jóvem possui uma visão de trabalho dos anos 80? Onde está o accountability para os líderes? Onde está o trabalho flexível dando liberdade para criação? (só no papel não adianta). Avon parece tão informal, atinge na maioria lientes de classe C e D... mas dentro de casa os funcionários são quase engravatados. Amadureça seus líderes, proponha conversas dificeis e exija um RH estratégico, que não passa a mão na cabeça do cliente. Existem muitos níveis, muitos Gerentes Sr ganhando uma fortuna e não agragando valor como deveriam. Muitos níveis 11, 12, 13, 14, 15... aqui só precisaria de dois níveis! Imagina a agilidade da Cia se empoderar os níveis mais baixos, que são potenciais mesclando com níveis mais Sr que possuem experiência e visão estratégica. Sem falar no custo com overheads altíssimo que seria eliminado, sobretudo com os indicadores financeiros como estão, a empresa precisa ser esperta e se enxugar.

    Recomenda a empresa: Não