Love Mondays


Vaga de Pessoa Desenvolvedora/Consultora Júnior de Software
ThoughtWorks em Belo Horizonte - MG

Descrição da Vaga

Pessoa Desenvolvedora/Consultora Júnior de Software

Belo Horizonte, Brasil

A ThoughtWorks é uma comunidade de pessoas apaixonadas com o propósito de revolucionar o design e a criação de software, enquanto defende uma mudança social positiva. Trabalhamos com pessoas e organizações que possuem missões ambiciosas - estejam eles nos setores privado, público ou social e acreditamos que as pessoas são a chave do nosso sucesso.

Ser um ThoughtWorker significa sermos nós mesmos no trabalho. Apreciamos a companhia dos nossos colegas e valorizamos honestidade e transparência. Aparência e origem não são importantes para nós: ideias e fazer a coisa certa são. Rejeitamos discriminação e desigualdade e promovemos a diversidade em todas as suas formas. Encorajamos orgulhosamente, apaixonadamente e ativamente a ThoughtWorks e a nossa indústria a refletir e incluir a sociedade que servem. Temos atualmente mais de 5 mil pessoas trabalhando conosco, em vários países. Nossa operação no Brasil (Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife e São Paulo) conta com cerca de 500 pessoas.

Sua jornada ThoughtWorks começa aqui

Esta é uma oportunidade para quem está iniciando a carreira ou que tenha pouco tempo de experiência. Estamos à procura de paixão, talento e aptidão, não necessariamente experiência profissional. Os papéis de desenvolvedores(as) da ThoughtWorks são bastante diferentes de outras organizações e envolve muita interação com os clientes, membros da equipe e oportunidade de conhecer as diversas áreas do nosso negócio. Com o nosso programa de desenvolvimento de carreira - o Desenvolve - você aprenderá as habilidades que você precisa para ter sucesso aqui, bem como as práticas de desenvolvimento ágil, ciclo de desenvolvimento e como entregar um design personalizado e uma aplicação de negócios escalável para os nossos clientes. E tudo isso acontecerá através da experiência de participar em um projeto real!

O treinamento

Como parte de uma experiência única de aprendizado, nas suas primeiras semanas conosco, você participará de uma programa de treinamento e imersão, que acontece na Índia, a ThoughtWorks University! ThoughtWorks University A nossa universidade é uma experiência global, focada em aprendizado. Um lugar para desafiar sua forma de pensar, aprender sobre o mundo e pensar fora da caixa. Você embarcará em uma viagem de cinco semanas, para aprender como é a vida de um(a) ThoughtWorker. Depois que você voltar para o seu escritório no Brasil, será o momento de iniciar o seu primeiro projeto com um de nossos clientes para colocar tudo o que você aprendeu em ação!

Para que você possa se organizar em relação as datas das viagens, seguem abaixo os períodos que ocorrerá o processo seletivo e treinamento:
* Processo seletivo acontecerá durante os meses de novembro/2017 à junho/2018
* Teremos cinco turmas indo para a Índia: 22/jan à 23/fev - 26/mar à 27/abr - 28/mai à 29/jun - 30/julho à 31/ago - 24/set à 26/out

Acreditamos em conhecer as pessoas sob vários olhares, então além de anexar seu currículos, gostaríamos de te conhecer um pouco mais através de algumas perguntas que você encontrará ao clicar em "Apply for this job".

A ThoughtWorks tem orgulho de ser uma empresa que preza pela igualdade de oportunidades.

Pessoas candidatas são consideradas para todas as vagas, sem distinção de raça, cor, religião, gênero e identidade de gênero, nacionalidade, deficiência, orientação sexual, ascendência ou idade.

Pessoas com Deficiência: https://info.thoughtworks.com/pcds

Conheça nosso pilar de Justiça Econômica e Social

Leia mais

Avaliações da ThoughtWorks


Satisfação geral dos funcionários

4.66
  • Remuneração e benefícios
    4.16
  • Oportunidade de carreira
    4.56
  • Cultura da empresa
    4.69
  • Qualidade de vida
    4.26

Recomendam a empresa a um amigo




  • Há aproximadamente 2 anos

    Pode ser muito bom, mas também pode ser horrível!

    Project ManagerEx-funcionário, saiu em 2015

    Brasília, DF


    Prós: - Na média, as pessoas são, profissionalmente, acima da média de mercado. - Existe uma diversidade (gêneros sexuais, racial, política) muito incomum para a área de TI. - Existe muito espaço para se experimentar, criar novas iniciativas internas. - Para pessoas em início de carreira, é uma experiência sensacional o tanto que se aprende, as viagens, as incertezas, tudo. - Existe gente estudando e aprendendo um monte de coisas o tempo todo. - Permite um intercâmbio de conhecimento e cultural particular. A empresa não para!

    Contras: - Apesar do discurso de só ter profissionais sensacionais, tem também profissionais que não condizem com tal fama. - Os projetos do Brasil são bem menos interessantes e desafiadores do que os projetos que são divulgados como case ou dos projetos existentes em outros países. - Apesar da baixa hierarquia, a hierarquia existente é muito distante do dia a dia da grande maioria das pessoas. - Existe espaço para todo tipo de discussão, desde que você não discuta assuntos tabus, principalmente relacionados à hierarquia existente. - Apesar do discurso ser diferente, o negócio vem muito, mas muito mesmo, na frente das pessoas. Seja no desenvolvimento das pessoas, seja no bem estar das pessoas, seja na qualidade de vida das pessoas. Isso é secundário. - O ambiente para pessoas mais experientes que chegam de fora é inóspito e agressivo. Sua experiência pouco vale pois lá é tudo diferente (ainda que não seja)!

    Conselhos para presidência: Clareza. - Não é claro o que se espera e o que não se espera das pessoas. Pior ainda, a mensagem é de que cada um é livre para fazer suas escolhas. Desde que não sejam as escolhas erradas (que você só descobre depois de fazê-las). - Não é claro quais são as relações de poder dentro da empresa. Quem manda, quem não manda. Quem pode mandar, quem não pode mandar. O que se pode discutir, o que não se pode discutir. Com quem se pode discutir, com quem não se pode discutir. - Muito se fala a respeito de P3 dentro da empresa, o que acaba sendo uma bandeira que atrai muita gente. Mas tem assuntos que a empresa não pode comprar a briga. Um exemplo: não dá para a empresa dizer que o prolema do mundo é a luta de classes e ser uma empresa de um único dono e ter, em países menos desenvolvidos, mão de obra barata para países mais desenvolvidos. Mas dá para a empresa comprar a briga de igualdade de gênero no mercado de TI, por exemplo.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 2 meses

    Uma ótima forma de começar (e continuar) no mercado de trabalho

    Consultor Desenvolvedor Júnior

    Belo Horizonte, MG


    Prós: A preocupação com justiça social e econômica foi o que me trouxe pra cá e já cresci muito em relação a isso aqui dentro! A liberdade que temos para guiar nossa própria jornada é maravilhosa, tenho muitas chances de aprender muita coisa e guiar esse aprendizado de acordo com a minha vontade, claro que combinando com as necessidades da empresa mas são muitas oportunidades. Estar aqui também é uma ótima forma de me manter a par de tecnologias emergentes e tendências e uma chance de colocá-las em prática.

    Contras: Apesar de bom em BH, o salário não é o mais alto nas outras cidades. Porém, os outros benefícios de trabalhar aqui a meu ver compensam essa diferença. A qualidade de vida é muito alta. Em uma frase: ainda não encontrei pontos negativos na TW.

    Recomenda a empresa: Sim