Love Mondays


Vaga de Ops Manager
99 em Brasília - DF

Descrição da Vaga

Ops Manager - DF

A área de Operações é responsável por aumentar a quantidade de corridas, crescer a base de motoristas e passageiros, desenvolver ações de marketing e parcerias locais, garantir a qualidade do serviço e expandir o POP por todo o Brasil.

O City Manager é o executivo responsável pelo resultado das cidades que tenham operações locais. Além de gerir a equipe de Operações, trabalhará em conjunto com a área de Marketing e Produto, para constantemente melhorar a experiência do aplicativo, usabilidade e velocidade de entrada dos novos motoristas e passageiros.

As iniciativas desenvolvidas por esse 99ner vão contribuir com a nossa missão de melhorar a vida das pessoas, seja revolucionando a forma se locomover diariamente, seja ajudando nossos motoristas, que têm no nosso aplicativo uma fonte de renda.

Suas responsabilidades serão:

  • Garantir os resultados financeiros, de corridas e de qualidade no Brasil
  • Investir o budget de forma inteligente
  • Gerenciar o P&L e os KPI´s
  • Liderar projetos de parcerias locais
  • Desenvolver campanhas de marketing local, com foco em crescimento de motoristas, passageiros e corridas
  • Influenciar as áreas de Marketing e Produto, trazendo uma visão regionalizada

O que você precisa ter:

  • Sólida experiência em empreendedorismo, consultoria, gestão de negócios de Marketing ou Operações
  • Forte pensamento analítico
  • Capacidade de resolução de problemas de forma criativa
  • Atitude pró-ativa e “mão na massa”
  • Espírito empreendedor
  • Rede local de relacionamento que pode ser explorada para ajudar a 99 a crescer na cidade
Leia mais

Avaliações da 99


Satisfação geral dos funcionários

3.41
  • Remuneração e benefícios
    3.60
  • Oportunidade de carreira
    3.03
  • Cultura da empresa
    3.87
  • Qualidade de vida
    3.32

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 3 meses

    Um inferno!

    Analista de Atendimento

    São Paulo, SP


    Prós: Video game, puffs, bolo e 1 cerveja as sextas-feiras. Inegável que VR, VA, VT e plano de saúde são bons, mas nem isso mais tá valendo a pena.

    Contras: Empresa com nenhum processo definido, tudo muda de um dia pro outro e não há uma comunicação transparente e útil. As reuniões que os "chefões" fazem pra mostrar resultados, parece que estamos em outra empresa. Já que no UAU ( onde os peões ficam), parece um inferno na terra. Fora que quando vc é contratado, pintam como a melhor empresa pra se trabalhar, que escala de folga é 5X2, que você iria atender ticket, fazer projetos e afins. Bom, não é nada disso. BALELA! Assim que entra, faz um treinamento puramente institucional, falando maravilhas da empresa e o foco é passar o Uber a qualquer custo. Não há comunicação entre os setores, não há prazos pra nada e somos " Analistas" pra preencher 300 planilhas e 989 forms e não ter solução pra nada. Ouvir xingo de motorista todos os dias é o mais comum é você fica a mercê de humilhações, o que fez com que várias pessoas pedissem demissão. Há pessoas que estão faltando por problemas emocionais de trabalho. Fora a mudança de escala, que pode ser de um dia pro outro e não se importam se você tinha ou não compromisso.

    Conselhos para presidência: Parem de fazer reuniões semanais parecendo que tá tudo bem. Não está! Peguem esse tempo, vão lá atender as ligações dos motoristas xingando pra ver qual é a verdadeira realidade da empresa.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 3 meses

    Bom

    Analista de Unidade de Atendimento aos Usuários (UAU)Ex-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Pessoas, clima da área e eventos. Há espaços e cursos interessantes para funcionários internos. A cultura e o espírito de quem está ha mais tempo na empresa embora seja de um ativismo cansado, ainda pode tocar e mobilizar você.

    Contras: Entre para um clubinho o mais rápido possivel. A empresa é cheia de clusters e pessoas que podem puxar o seu tapete. Esteja pronto para lidar com pessoas que não são aquilo que a empresa vende e aprenda a ser versátil para não se dar mal.

    Conselhos para presidência: Façam avaliações internas sérias. O Rh tem gente demais e poucas pessoas fazendo acontecer. Parem de perder grandes profissionais por motivos infundados

    Recomenda a empresa: Sim