• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Operadora De Caixa
Clínica Fares em São Vicente - SP

Descrição da Vaga

Operadora De Caixa - São Vicente

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Administração - Recepção
  2. Nível hierárquico: Operacional
  3. Local de trabalho: São Vicente, SP
  4. Atendimento ao cliente, abertura de caixas, liberação de todos os serviços, protocolo de convênio, sangria, fechamento de caixa, contato com médico via telefone e liberação de senhas de convênio.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Médio (2º Grau)

Benefícios adicionais

  1. Assistência odontológica, Cesta básica, Vale-refeição, Vale-transporte
  • Título da vaga Operadora De Caixa - São Vicente
  • Empresa CLINICA FARES

Seguir esta empresa
* Jornada Período Integral
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário R$ 1.142,00 (Bruto mensal)
* Localidade São Vicente, SP

Leia mais

Avaliações da Clínica Fares


Satisfação geral dos funcionários

2.11
  • Remuneração e benefícios
    2.44
  • Oportunidade de carreira
    1.56
  • Cultura da empresa
    1.44
  • Qualidade de vida
    1.89

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 23 dias

    Não recomendo

    Diretor de Recursos Humanos (RH)Ex-funcionário, saiu em 2018

    Osasco, SP


    Prós: Ótima ideia de negócio e oportunidade mercadológica com poucos concorrentes e com grande capacidade de expansão Municipal, Estadual e Nacional

    Contras: Não tem organização, processos despreparados, pessoas na gestão sem capacidade para atuar, péssimo relacionamento de humanização e gestão em pleno 2018

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 mês

    Humanizaçao? Nem sempre

    VendedorEx-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: Salário em dia, comissão e fácil acesso aos líderes e demais unidades a ponto de esclarecer dúvidas e mostrar insatisfações. Auxilio creche até 5 anos, cesta básica, convênio odontológico e vr

    Contras: Sobe-se de cargo na maioria das vezes por puxasaquismo e por ter parentes no local, se a meta vem paga errada só é ressarcida no dia 30 do próximo mês. Há um bloqueio para falar com a gestão pois a liderança costuma abafar e colocar embaixo do tapete. Não tem reuniões com toda equipe com constância e sim individualmente para que não se possa colocar em pauta o que incomoda os colaboradores. Panfletagem indevida e imposta por superiores e quem não faz toma advertência assim como o trabalho no feriado que é obrigação ao invés de opção como consta na clt. Muita divergência salarial e falsa promessa de aumento a cada 3 meses. Humanização com os funcionários a desejar.

    Conselhos para presidência: Parar de trocar a gestão como troca de roupa e humanizar os funcionários

    Recomenda a empresa: Sim