Love Mondays


Vaga de Marketing Officer (CRM)
UNICEF em Brasília - DF

Descrição da Vaga

Marketing Officer (CRM)

DESCRIÇÃO

The Marketing Officer (Information and Analysis) will be responsible for all CRM related activities. The main objective is to constantly optimize processes in order to maximize donor capacity. On top of that, the incumbent will also use the database information in order to allow the team to optimize our acquisition campaigns and maximize our retention and donor value.

REQUISITOS

  • First level university degree (bachelor's or equivalent) in marketing, business administration, communications or related field
  • At least one (1) year of practical professional experience work experience in database management and design and implementation of workflows and processes
  • Additional years of relevant experience in the above mentioned fields is a strong asset.
  • Supervising people
  • Fluency in english and portuguese
Leia mais

Avaliações da UNICEF


Satisfação geral dos funcionários

3.00
  • Remuneração e benefícios
    2.00
  • Oportunidade de carreira
    1.00
  • Cultura da empresa
    4.00
  • Qualidade de vida
    3.00

Recomendam a empresa a um amigo




  • Há quase 3 anos

    Contraditória

    Ex-funcionário, saiu em 2013


    Prós: O trabalho pela infância. Há uma preocupação real.

    Contras: Pouco feedback, interesse exagerado no lucro e aplicação de regras diferente para os "amigos" e os funcionários nacionais.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Estou aqui porque gosto do tema com que trabalho

    Consultor Sênior

    Brasília, DF


    Prós: O trabalho é extremamente satisfatório e existem possibilidades de crescimento profissional. É gratificante ver o resultado do trabalho com direitos de crianças e adolescentes

    Contras: Ambiente competitivo, muitas vezes opressor. Apesar das oportunidades de crescimento, os supervisores estimulam pouco e muitas vezes diminuem o valor do trabalho. Qdo fala-se de direitos, somos terceirizados, sem benefícios, quando fala de obrigações, somos staff, como "qualquer outro" funcionário.

    Conselhos para presidência: Avaliar de forma mais humana o papel dos consultores e tomar medidas que compensem a ausência de benefícios, como a possibilidade de home office, horários flexíveis ou revisão de remuneração.

    Recomenda a empresa: Sim