Love Mondays


Vaga de Líder de Vendas
Dufry do Brasil Duty Free Shop em Rio de Janeiro - RJ

Descrição da Vaga

Líder de Vendas

Atividades:
Supervisionar o atendimento aos clientes, garantindo que ele seja o melhor possível, tanto para os clientes, quanto para a produtividade; Realizar venda de produtos; Autorizar troca/devolução de mercadoria; Monitorar a equipe da loja, zelando pela aparência e uniforme de todos, conforme os padrões da empresa; Garantir que a atitude da equipe seja profissional e de acordo com os valores da empresa; Liderar a equipe de vendas, motivando-a a garantir o bom atendimento ao cliente e a maior produtividade possível da loja; Fazer o planejamento de pessoal, junto à Gerência da loja, assegurando a disponibilidade dos funcionários para cumprimento dos objetivos planejados; Conferir a escala de pessoal, controlando assiduidade e pontualidade(entrada e intervalos) da equipe; Controlar Banco de Horas da equipe; Controlar horários de café e refeição da equipe; Sugerir troca de horário, para um melhor funcionamento da loja; Adequar o quadro à movimentação da escala; Acompanhar a movimentação dos funcionários que cuidam de mais de uma loja; Estar sempre atento à venda da loja, dos grupos e de cada Vendedor, acompanhando e avaliando as vendas; Identificar funcionários que precisam de treinamento e verificar se esse treinamento está sendo dado; Manter comunicação com Gerente de Loja, equipe de loja e Departamento de Compras e Administração; Manter Gerência informada sobre fato fora da rotina ocorrido na loja; Acompanhar na loja, as fotos de itens em promoção já autorizadas pela Gerência, feitas por agência de promoção ou pelo representante da marca; Zelar para que a parte administrativa da loja seja cumprida de acordo com os padrões definidos pela empresa.
Pré-requisitos:
Experiência em empresas de varejo nos cargos de liderança de equipe de vendas.
Formação Acadêmica:
Desejável ensino superior completo
Local de Trabalho:
RJ
Horário:
Regime de escala
Oferecemos:
Salário + Pacote de Benefícios.

Leia mais

Avaliações da Dufry do Brasil Duty Free Shop


Satisfação geral dos funcionários

3.62
  • Remuneração e benefícios
    3.70
  • Oportunidade de carreira
    2.98
  • Cultura da empresa
    3.14
  • Qualidade de vida
    3.21

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 17 dias

    Grande estrutura em mãos erradas

    Coordenador TêxtilEx-funcionário, saiu em 2017

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Empresa com salários atrativos e bons benefícios participação em lucros, clima de alto luxo nas lojas ambiente agradável. Salários e benefícios nunca atrasam.

    Contras: Precisa melhorar a gestão, a quebra da cultura do favorecimento de funcionários por algumas vezes incapacitados. Precisa também melhorar o desenvolvimento de pessoas com feedback sinceros construtivos.

    Conselhos para presidência: Investir em treinamentos para os líderes de loja que são a linha de frente com o cliente, e dosar o poder dado aos gerentes.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 7 dias

    Não são melhores por que não querem e tropeçam nas próprias pernas.

    Analista de Processos PlenoEx-funcionário, saiu em 2018

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: O ambiente de trabalho era muito bom, diversificado e aberto. As pessoas rapidamente se enturmavam e convidavam funcionários novos para fazer parte da equipe e com poucas semanas de casa era possível se sentir em família e a vontade. Isso era muito bom pois, a sinergia era alta e com isso mesmo sem ainda entender bem o negócio o funcionário já se sentia a vontade para tomar decisões e agir dentro do seu cargo.

    Contras: Falta de comunicação e clareza dos objetivos e do que se espera dos funcionários. Falta de organização. E não há alinhamento estratégico de todas as áreas com o Business da empresa. O que impacta diretamente no faturamento anual deles.

    Conselhos para presidência: Alinhar a empresa estrategicamente e manter apenas funcionários que tenham a expertise necessária e não por que tem tempo de casa, é amigo de não sei quem ou foi indicação de gente com poder lá dentro. Ao menos, se quiser fazer a empresa crescer. Os problemas são todos de ordem interna e são super resolvíveis. Mas passa a sensação que não se há interesse enquanto uma pequena cúpula seguir sendo beneficiada.

    Recomenda a empresa: Sim