• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de iFood | Estagiário Comercial (6 vagas)
Movile em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

iFood | Estagiário Comercial (6 vagas)

Nosso propósito é revolucionar o universo da alimentação por uma vida mais prática e prazerosa.

Temos fome de: Fazer mais com menos e mais rápido; Desenvolver todo o ecossistema da alimentação; Ter as melhores e mais inovadoras soluções do mercado; Atingir resultados incríveis e Excelência Operacional.

Fazemos com Paixão, Responsabilidade, Meritocracia, Simplicidade e Juntos!

Somos os foodLovers, pessoas multidisciplinares, diversas e movidas pelos desafios de se trabalhar na maior foodtech da América Latina.

Vem entregar coisas incríveis com a gente:

O que você irá entregar:

  • Atuar com análises de indicadores para dar suporte a área;
  • Auxiliar na execução de processos estabelecidos pela área;
  • Acompanhar metas e resultados da área;
  • Suportar tarefas operacionais (sistemas);
  • Construir e gerir relatórios que otimizem o trabalho da área;
  • Montar apresentações em geral;
  • Identificar oportunidades de melhoria;
  • Fazer estudos e análises para o time;
  • Consolidar resultados de campanhas de marketing;
  • Apoiar demandas gerais do time.

O que você precisa ter:

  • Ensino Superior (Cursando) Previsão de término: Até Dez/2019.
  • Domínio avançado no Pacote Office
  • Inglês intermediário/avançado

O que nós vamos te entregar:

  • Bolsa Auxílio + benefícios;
  • PLR anual;
  • Autonomia para definir processo de trabalho e seu próprio ritmo;
  • Ambiente altamente colaborativo e desafiador;
  • Ambiente de alto crescimento individual e da empresa como um todo;
  • Um processo de inovação estruturado e com a missão de criar impacto significativo em nosso setor de atuação.

Local de Atuação: Osasco – SP.

Leia mais

Avaliações da Movile


Satisfação geral dos funcionários

3.88
  • Remuneração e benefícios
    3.82
  • Oportunidade de carreira
    3.42
  • Cultura da empresa
    3.88
  • Qualidade de vida
    3.91

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 mês

    Flexível, agradável, inspiradora e impactante

    Analista de Planejamento Pleno

    São Paulo, SP


    Prós: Horário flexível, happy hours, plano de saúde bom, benefícios compatíveis com o mercado, auxílio idiomas, oportunidade real de crescimento, ambiente friendly, pessoas educadas e engajadas

    Contras: Deve investir mais em capacitação da liderança, melhorar a preocupação em fazer microgerenciamento de pessoas, com seus resultados e planos.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 1 ano

    UX DesignerEx-funcionário, saiu em 2017

    Campinas, SP


    Prós: O time de RH é muito atuante, a empresa possui vários benefícios, festas, eventos, o bônus quando as metas são atingidas também é muito bom. As pessoas da empresa se comunicam bastante, eventos internos, workshops, dojos são muito incentivados pelos gestores. Datas comemorativas são bem celebradas com happy hours. A empresa abre espaço pra discussões sobre diversidade, vida pessoal etc. Os equipamentos que a empresa oferece também são ótimos. A infraestrutura da empresa é sensacional, uma copa maravilhosa com café da manhã, lanche da tarde, vitamina, suco natural, iogurte. Pode parecer bobo, mas os banheiros também são ótimos!

    Contras: Os pontos negativos são relacionados à gerência dos projetos e à própria natureza dos mesmos. Os projetos vendidos aos clientes eram em sua maioria fruto de "massagear ego interno de diretorias de grandes empresas", o que gerava inúmeras idas e vindas, burocracias desnecessárias. Itens de execução complexa e utilidade questionável eram vendidos ao cliente e adicionados ao escopo do projeto sem consultar o time que iria conduzi-lo e gerencia-lo. Isso tornava os projetos longos, complexos, burocráticos e não sabíamos se eram relevantes ou se seriam usados. Já ocorreu de uma equipe completa de designers, desenvolvedores e gerentes de projeto trabalharem intensamente e com um nível de detalhes considerável durante semanas, para depois descobrir que na verdade o projeto ainda não havia sido vendido ao cliente, e o trabalho feito até então era pra "dar uma adiantada". A empresa tem um excelente pilar apoiado em cultura ágil e lean, mas na prática, muitos gerentes de projeto confundem isso com "fazer a maior quantidade de coisas o mais rápido possível", ao invés de "testar rápido e aprender rápido com os erros". Por fim, percebi diversas intervenções de diretores e gerentes diferentes, de opiniões divergentes, em projetos que acabavam ficando sem rumo definido por conta disso.

    Conselhos para presidência: Contratem e capacitem gerentes de projeto, não vendedores. Os projetos serão mais relevantes, as equipes ficarão mais motivadas. Ao invés de focar em "como vender mais para os clientes", o foco da empresa deveria ser "quais problemas estamos resolvendo no dia a dia das pessoas?"

    Recomenda a empresa: Sim