• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Gerente de engenharia de produtos
B3 em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Gerente de engenharia de produtos

Área: Superintendência de Engenharia de Produtos
Localidade: Centro

Principais atividades: Gestão do time de Derivativos, de Projetos e demandas relacionadas ao tema; Participação nos GTs de projetos; Interação com as áreas de Operações, Homologação, Jurídico, Tecnologia, Produtos, Relacionamento e com as áreas da Clearing para alinhamento dos projetos, demandas, manuais e comunicados; Visitas aos clientes em tempo de projeto para alinhamento das demandas.

O que a área faz? É a área responsável pela especificação de negócios e funcional dos produtos e serviços oferecidos pela B3 na Unidade de Títulos e Valores Mobiliários, além da elaboração e manutenção dos respectivos manuais e cadernos de fórmulas. A área exerce a liderança da esteira de desenvolvimento de produtos e trabalha com duas metodologias de projetos, Waterfall e Ágil e exerce a função de Product Owner na metodologia ágil.

Requisitos para a vaga

Superior completo em Economia, Administração ou Engenharias.

Experiência com gestão de projetos, derivativos e produtos estruturados.

Experiência com gestão de pessoas.

Nível de experiência
Pleno-sênior

Setor
Serviços financeiros

Tipo de emprego
Tempo integral

Funções de trabalho
Gestão de produtos

Leia mais

Avaliações da B3


Satisfação geral dos funcionários

4.08
  • Remuneração e benefícios
    4.21
  • Oportunidade de carreira
    3.30
  • Cultura da empresa
    3.54
  • Qualidade de vida
    3.88

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 9 dias

    Favoritismo e panelinhas

    Analista de Sistemas SêniorEx-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: O salário é acima do mercado bem como os benefícios e PLR, pagam tudo corretamente inclusive as horas extras. A empresa tem migrado para uma nova cultura, com novas ideias e metas interessantes.

    Contras: Dificilmente a nova cultura irá funcionar, pois fica somente no papel. A área de TI ja tem suas panelinhas formadas, os funcionários mais antigos estão na zona de conforto, superestimar os prazos para ficarem tranquilos, são preguiçosos e desatualizados e não passam conhecimento, desta forma, a carga de trabalho é bem maior para os mais novos na empresa. Se você tentar agir segundo a nova cultura que a empresa está pregando, você irá contra essa cultura atual nas equipes e será deixado de canto pela panelinha daqueles que não querem trabalhar. A avaliação anual que determina sua PLR não se baseia nas suas entregas e no seu trabalho, mas sim na amizade que você tem com os de cima.

    Conselhos para presidência: Ficar de olho nas superintendências e gerências, verifiquem se os funcionários mais antigos estão se atualizando e trabalhando ou estão apenas batendo o ponto en suas zonas de conforto. Quando alguém receber nota baixa na avaliação, verifiquem o real motivo, tentem medir melhor a produtividade da equipe de TI.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 3 dias

    direta e objetiva

    Estagiária de RelacionamentoEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: ambiente, reconhecimento e crescimento na área

    Contras: na fase de sinergia era muito dificil saber de quem era o que, porem acho que isso era uma particularidade do momento.

    Recomenda a empresa: Sim