• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Executivo De Vendas
MV em Contagem - MG

Descrição da Vaga

Executivo De Vendas

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Comercial, Vendas - Venda Externa
  2. Nível hierárquico: Especialista
  3. Local de trabalho: Contagem, MG
  4. Irá atuar no comercial externo, identificar e prospectar clientes em potencial para desenvolver novos negócios, a fim de atender suas necessidades e garantir a satisfação. Analisar concorrência e tendências e condições do mercado. Planejar estrategias de vendas e realiza o mapeamento de s para alcance das metas e objetivos da empresa. Participar de reuniões e visitas a clientes, contato telefônico de prospecção, negociação e atendimento. Envio de e-mails de apresentação do grupo, propostas comerciais, envio de relatórios a gerencia, preenchimento e alimentação do sistema pepidrive e reuniões semanais com a gerencia comercial.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Superior
  2. Habilitação para dirigir (Categoria A, Categoria B)
  3. Veículo próprio
  4. Disponibilidade para viajar
  5. Disponibilidade para mudar de residência

Benefícios adicionais

  1. Comissões
  • Título da vaga Executivo De Vendas
  • Empresa GRUPO MV
  • Jornada Período Integral
  • Tipo de contrato Efetivo – CLT
  • Salário R$ 1.100,00 a R$ 1.300,00 (Bruto mensal)
  • Localidade Contagem, MG
Leia mais

Avaliações da MV


Satisfação geral dos funcionários

3.33
  • Remuneração e benefícios
    3.53
  • Oportunidade de carreira
    3.00
  • Cultura da empresa
    3.12
  • Qualidade de vida
    3.18

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 2 anos

    boa empresa

    Analista de Sistemas Pleno

    Recife, PE


    Prós: ambiente bom, equipe boa, equipamentos fornecidos de boa qualidade, salario acima da média, banco de horas.

    Contras: Mudança na diretoria com frequência, viagens a clientes com diária para alimentação no valor de 30 reais.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 1 ano

    Não se iluda com os prêmios, qualidade de vida passa longe aqui.

    Funcionário

    Recife, PE


    Prós: A estrutura é boa, apesar de mal distribuída entre as equipes. Oferece ambientes para prática de esportes e tem 15 minutos de massagem gratuita.

    Contras: Péssima em planejamento de projetos e produtos; grande parte dos gestores só babam ovo, mas pouco sabem o que estão fazendo e pouquíssimos escutam seriamente seus subordinados. Não há definição de cargos e carreira, sendo apenas possível subir de posição e salário mediante pressão. O bom trabalho da fábrica não é reconhecido, enquanto o mau trabalho dos gestores é ignorado. Os produtos podem vender bem (há controvérsias), mas certamente não é devido à qualidade do código (ignora as boas práticas, apesar dos esforços de muitos desenvolvedores) ou por design (ainda preso nos anos 1990/2000), sim por falta de opção. É triste ver uma empresa desse porte não incentivar e questionar se os colaboradores "não tem mais o que fazer" quando propõe-se a disseminação/ produção de conteúdo sobre tecnologia, mesmo que sobre as rotinas da empresa e como nosso trabalho pode impactar o setor (falta de visão). É comum ver colaboradores desesperados e em viagens custosas e desnecessárias apenas para acalmar o coração do cliente, mas pouco investimento em mudanças "radicais" (leia-se necessárias) que de fato resolveriam os problemas. Aviso de viagem é um luxo, muitas pessoas sabem no mesmo dia que terão que viajar e sem passagem de volta. O café é pago, não há wi-fi livre e a rede é restrita como em colégios de primário, muitas vezes sites com conteúdo relevante ao trabalho é bloqueado (tutoriais, download de ferramentas gratuitas, etc), Spotify e outros streaming de MÚSICA são bloqueados. Ter perfil de administrador na própria máquina é um privilégio de poucos. Muito atrasada em relação a respeito de minorias. Cultura de produtividade acima da qualidade de pessoal. RH (chamado de gente e gestão) burocrático e devagar; é fácil perder horas de trabalho por demorar mais de 72h corridas para entregar um atestado médico (mesmo que este tenha a mesma validade de horas) e possível não receber reembolso e horas extras de viagens (muitas vezes "forçadas") se você não seguir um procedimento complicadíssimo e burocrático (VOCÊ, não seu coordenador, gestor nem pensar, RH então...) É uma piada a tentativa de se tornar "Great Place to Work".

    Conselhos para presidência: Revejam urgentemente a cultura da empresa.

    Recomenda a empresa: Não