• Vagas
  • Empresas
  • Salários
  • Entrevistas

Vaga de Estágio em Operations
Credit Suisse em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Estágio em Operations

Principais atividades:
* Conciliação das posições de margem depositadas na BM&F
* Envio de relatórios e notas de corretagem para custodiantes e brokers externos
* Conferência da corretagem com brokers externos
* Conferência dos ajustes diários com custodiantes
* Preparação de relatório para pagamento das taxas
* Movimentação de garantias
* Reconciliação mensal geral
* Forte interação com a corretora, a mesa proprietária e a área de Private Banking
Requisitos:
* Formação em administração de empresas, economia ou engenharia a partir de julho de 2019
* Período de estudo: noturno
* Inglês intermediário

Leia mais

Avaliações da Credit Suisse


Satisfação geral dos funcionários

2.85
  • Remuneração e benefícios
    4.17
  • Oportunidade de carreira
    2.62
  • Cultura da empresa
    2.47
  • Qualidade de vida
    2.32

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 2 meses

    Excelente Oportunidade

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: Meritocracia e foco no desenvolvimento do jovem talento. Rápido crescimento na carreira. Contato com excelentes profissionais. Otima cultura.

    Contras: Nao vejo pontos negativos. Meritocracia e foco no desenvolvimento do jovem talento. Rápido crescimento na carreira. Contato com excelentes profissionais. Otima cultura.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 4 meses

    Estágio - Lidaram com minhas expectativas de forma irresponsável

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: É uma empresa que já está no Brasil há vários anos e que atua em diversos segmentos diferentes. Tem uma boa estrutura e realiza os pagamentos em dia.

    Contras: Poucas oportunidades de efetivação para estagiários - na minha área, de cada 10 ou mais, apenas 1 era efetivado. O banco não tem transparência com os funcionários, nenhuma informação é compartilhada, tanto com efetivos quanto com estagiários. Depois que saí fiquei sabendo que 3 meses antes do meu contrato acabar já tinha ficado decidido que nem eu nem vários dos estagiários que estavam se formando seriam efetivados - mas não me disseram nada, nem quando eu perguntava, sempre me davam esperanças...fizeram isso para poderem aproveitar nossa mão de obra até a última gota. Nesse período final eu "dei o gás", me prejudiquei na faculdade, deixei de ir à outras entrevistas...me arrependo de ter ficado "comprado" nas esperanças que os chefes nunca deixaram de dar, embora eles já soubessem qual seria o final do filme.

    Conselhos para presidência: Ser mais sincero e ter mais transparência com os estagiários e funcionários. Parar de ocultar a verdade e de "dar esperanças" para os funcionários, mesmo quando já se sabe que não será possível cumprí-las.

    Recomenda a empresa: Não