• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Estágio Design em Mídias Sociais
Yenzah em Rio de Janeiro - RJ

Descrição da Vaga

Estágio Design em Mídias Sociais

Você tem brilho nos olhos?
Paixão por desafios?
Acredita que um bom conteúdo é a alma do negócio?
A Yenzah esta procurando por você!
O que precisamos para essa vaga:
* Ensino Superior cursando em Design ou Comunicação Social, com previsão de formatura a partir de dezembro/2018;
* Conhecimento em Adobe Photoshop, Illustrator e Premiere;
* Conhecimentos em HTML, CSS, Javascript será um diferencial
* Disponibilidade para estagiar 6 horas diárias;
* Visão criativa e analítica do processo de criação para Redes Sociais;
* Paixão em Mídias Sociais;
* Inglês avançado.
Além disso, se você se considera uma pessoa MOTIVADA, PROATIVA, DEDICADA, COMUNICATIVA e APAIXONADA PELO UNIVERSO DIGITAL, esta é a vaga certa pra você :D
Local: Botafogo
* Rio de Janeiro
www.yenzah.com.br

Leia mais

Avaliações da Yenzah


Satisfação geral dos funcionários

3.17
  • Remuneração e benefícios
    3.17
  • Oportunidade de carreira
    3.17
  • Cultura da empresa
    3.17
  • Qualidade de vida
    3.33

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há quase 2 anos

    Ilusão

    Ex-funcionário, saiu em 2016

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Pagamento, premiações semanais, passagem, são pagos devidamente. Nada a reclamar nesse setor.

    Contras: Querem que as inspiradoras vendam 30 produtos por dia, sem ao menos distribuir amostras para as clientes experimentarem os produtos antes de pagar o alto valor de seus produtos. Não valorizam as inspiradoras. Por isso a rotatividade de funcionários na empresa é grande.

    Conselhos para presidência: Criação de amostras para distribuição gratuita aos clientes. Valorização e apoio às inspiradoras.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 4 meses

    Nem tudo o que reluz é Yenzah

    Mídia SocialEx-funcionário, saiu em 2018

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Escritório muito bem localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro. Ambiente descontraído (dependendo do setor, é claro), com café da manhã oferecido diariamente pela empresa.

    Contras: É como diz aquele velho ditado: Nem tudo o que reluz é ouro. A Yenzah parece ser aquele empresa exemplar mas por baixo das camadas de cremes, xampus e condicionadores, há os diretores que nunca se entendem e não se comunicam e a falta dessa comunicação atinge todos os setores, gerando assim uma grande bagunça. Cada um ali dentro tem uma visão distópica do que é a empresa e umas ideias sem lógica do que pode ser feito por ela. Ganha a palavra de quem é mais chefe. Ninguém tem real noção do que está acontecendo e os que tem não informam os outros funcionários, na verdade parece uma disputa boba pra ver quem é que sabe mais como se isso os tornassem superiores. Ou seja, é uma guerra de ego boba e desnecessária. Fora que a maioria dos gerentes e supervisores são jovens adultos que brincam de serem lideres mas estão mais interessados em se destacarem na mídia, ganhar brindes, conseguirem alguma fama e fica claro que usam a empresa para se auto-promover e, quem sabe, conseguir um cargo melhor em outro lugar. E quem veste mesmo a camisa da Yenzah acaba passando frio, é esquecido, desvalorizado e, por fim, demitido (alguns em menos de 6 meses, sem ter a real chance de mostrar a que veio). De nada adianta seu desempenho, competência e determinação em solucionar os problemas ali dentro se você não baba o ovo do(a) chefe (de preferência em público), sem contar as puxadas de tapete e roubo de ideias que rolam soltas e na maior cara-de-pau (respeito ao trabalho alheio pra quê?)! Aaah sim, e debochar (veja bem, eu disse debochar e não avaliar) com bastante recalque e veneno da concorrência faz de você um funcionário exemplar pois a regra é clara: a Yenzah é o centro do universo da beleza sofisticada. Uma pena. Temos aqui uma empresa com um grande potencial mas que peca em aspectos primários e infantis. Enquanto seus idealizadores não mudarem essa visão e não começarem a enxergar esses funcionários irresponsáveis, que brincam de serem líderes, ela nunca irá avançar 1 casa sequer.

    Conselhos para presidência: Abram os olhos e comecem a enxergar quem é que leva a sério a empresa. E abram a cabeça também. Tenham mais foco e pulso firme além de um belo discurso na ponta da língua.

    Recomenda a empresa: Não