• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Especialista em Sistemas Médicos (Rio de Janeiro)
Philips em Rio de Janeiro - RJ

Descrição da Vaga

Especialista em Sistemas Médicos (Rio de Janeiro)

null

Responsável pela manutenção corretiva e preventiva de equipamentos médicos (Philips).

Experiência como Engenheiro de Campo;

Experiência em manutenção de equipamentos de saúde: Ultrassom, Ressonância Magnética, Raio X, Mamografia, Tomografia, Medicina Nuclear etc; (experiência em um desses equipamentos ou mais)

Experiência em Serviço ao Cliente;

Inglês técnico (leitura de manuais e treinamentos);

CREA ativo é imprescindível;

Disponibilidade para viagens e mudanças de cidade (se necessário).

LI-PH1

Leia mais

Avaliações da Philips


Satisfação geral dos funcionários

3.77
  • Remuneração e benefícios
    3.70
  • Oportunidade de carreira
    3.28
  • Cultura da empresa
    3.79
  • Qualidade de vida
    3.53

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 1 ano

    Área de atuação com grande potencial

    Ex-funcionário, saiu em 2016

    Blumenau, SC


    Prós: Grande oportunidade de crescimento na área de atuação (tecnologias para saúde); Projeto de internacionalização em andamento; Paga-se bem e oferece bons benefícios para os colaboradores (inclusive PLR); Infraestrutura/ambiente inovador, no "estilo Google"

    Contras: Muitos níveis hierárquicos; Boa parte dos departamentos funcionam de forma isolada; A comunicação é falha e funciona de forma concentrada; Produtividade na frente da Qualidade

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 3 anos

    O que necessariamente a Philips Clinical Informatics precisa melhorar.

    Programador Júnior

    Blumenau, SC


    Prós: Boas máquinas para trabalho de desenvolvimento. Lugar de trabalho mediano para se trabalhar.

    Contras: Mesas apertadas, falta de plano de carreira decente e indicadores concretos. Falta melhor avaliação de cargos e bonificação após especializações. Promoção apenas de cargo não por mérito de especialização do funcionário. Desenvolvedor não é ouvido e não levado a sério após decisões de projetos ou problemas, apenas de analistas e gerentes.

    Conselhos para presidência: Deixar o software Tasy melhor e mais estável do que quando eu comecei a trabalhar, proporcionar aos novos funcionários menos problemas via código e funcionalidade do sistema.

    Recomenda a empresa: Não