• Vagas
  • Empresas
  • Salários
  • Entrevistas

Vaga de Diretor(a) de Arte Pleno
We Content Comunicação em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Diretor(a) de Arte Pleno

DESCRIÇÃO

Procuramos uma pessoa focada em Criação / Design Online, altamente comprometida, focada e flexível.
Fará parte de um time de criação dinâmico e em crescimento, desenvolvendo projetos como: layout de sites, layout de portais, layout de aplicativos, e-mail marketing, banners, peças para mídias sociais, peças para mídia display.

REQUISITOS

  • Conhecimento no pacote adobe
  • Desenvolvimento de sites (layout)
  • Criação de campanha e conceitos
  • Vivência na criação de peças publicitárias para mídias sociais
  • Ter conhecimento comprovado em agências
  • Residir no mesmo estado do trampo
Leia mais

Avaliações da We Content Comunicação


Satisfação geral dos funcionários

1.50
  • Remuneração e benefícios
    2.00
  • Oportunidade de carreira
    1.00
  • Cultura da empresa
    1.00
  • Qualidade de vida
    1.50

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 mês

    Talvez para um curto prazo

    Ex-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: Tem uma copa para uso dos colaboradores, empresa fica em um condomínio empresarial com boa estrutura, baixa formalidade no dia a dia e certa autonomia para se trabalhar

    Contras: Falta de profissionalismo, problemas com pagamentos, sem chances de crescimento, vigilância incômoda, comentários e comportamentos que não cabem em um ambiente profissional, falta de limpeza do ambiente

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 5 meses

    Promissora, mas apenas na teoria.

    Desenvolvedor Front-end PlenoEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Os gestores de time possuíam muita capacidade de liderança e sempre eram muito transparentes e honestos com seus colaboradores. A equipe em si não era muito grande mas possuía bastante autonomia na execução das tarefas.

    Contras: A diretoria da empresa não valoriza e nem reconhece os esforços exercidos pelos funcionários. Não existia um manual de regras e decisões da empresa, mas quando era necessário, inventavam do nada as mesmas. Pregam a politica de trabalho exaustivo, visto, que o funcionário que ia lanchar/respirar fora do escritório por meros 30 minutos tinha a atenção chamada, de forma sútil, mas ainda sim existia uma chamada de atenção.

    Conselhos para presidência: Entendam que o funcionário não é um robô e que o relacionamento saudável de colaborador X empresa só gera melhorias. Ah! E melhorias e estratégias de UX não se consistem em achismos, existem muitas etapas e processos do que um mero "Eu acho que o usuário...".

    Recomenda a empresa: Não