Love Mondays


Vaga de Desenvolvedor Full-Stack Júnior
Nibo em Rio de Janeiro - RJ

Descrição da Vaga

Desenvolvedor Full-Stack Júnior

Desenvolvimento de alta performance para geeks inquietos. Work harder, faster, smarter with us.

Desafios e Responsabilidades

  • Será parte integrante do time de produto, desenvolvendo ao lado de outros desenvolvedores as soluções necessárias para atingir os objetivos.
  • Manutenção do código, geração de testes unitários e correção de bugs.
  • Sua atuação é abrangente e inclui projetos legados em MVC, novas WebAPIs e SPAs.
  • Além de desenvolver, participará das discussões sobre produto e definições tecnológicas.

Quero me candidatar

Para se candidatar, envie um email para cv@nibo.com.br com o assunto "Vaga Desenvolvedor Full-Stack Júnior". Anexe seu currículo e responda a pergunta: Por que o Nibo deveria me contratar?

Requisitos

  • Conhecimento de Design Patterns, TDD e BDD
  • Experiência com desenvolvimento em C# .NET MVC
  • Experiência com SQL
  • Conhecimentos básicos sobre HTML, CSS e Javascript
  • Ser viciado em tecnologia, querendo aprender todos os dias
  • Ser pró-ativo, possuir um ótimo raciocínio lógico, ter atenção aos detalhes e possuir alto nível de comprometimento

Experiência Desejável

  • Experiência com desenvolvimento de WebAPIs
  • Experiência com Windows Azure
  • Familiaridade com metodologias ágeis e GIT
  • Experiência com Angular.js e jQuery
  • Conhecimentos em LINQ e Entity Framework
Leia mais

Avaliações da Nibo


Satisfação geral dos funcionários

3.00
  • Remuneração e benefícios
    3.00
  • Oportunidade de carreira
    2.50
  • Cultura da empresa
    3.00
  • Qualidade de vida
    3.00

Recomendam a empresa a um amigo




  • Há aproximadamente 1 mês

    Não recomendo

    DesenvolvedorEx-funcionário, saiu em 2017

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Pessoas legais divertidas de se trabalhar equipe tem uma qualidade técnica muito boa pessoas aberta para perguntas e dúvidas é agradáveis de se trabalhar.

    Contras: Empresa possui falhas como todas outras mais principal falha são processos mal definidos falham no planejamento e colocam culpa nos desenvolvedores não sabem o caminho a seguir querem ideias dispensando pessoas a qualquer momento gerando rotatividade,gerência péssima.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Boa

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2015

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Pessoas jovens e dispostas a aprender o tempo inteiro. Para mim seria um desafio, já que estava lidando com um produto na qual não tinha muito conhecimento. Mas a cada dia, eu aprendia mais, eu tirava dúvidas, eu estudava em casa e no final eu tinha certeza que me daria bem, era tudo questão de um pouco de tempo para me familiarizar com o produto.

    Contras: Infelizmente, tive uma experiencia péssima na empresa com 2 semanas de emprego. Estava muito animada com o trabalho, e aprendendo cada dia mais e dando o que eu podia para contribuir com minha função na empresa. No entanto, me desligaram porque acharam que eu não tinha o perfil da empresa e da área na qual ocupei. Como me contratam e não dão pelo menos 1 mês para o funcionário se familiarizar com o produto? Fiquei decepcionada e nunca havia visto isto antes na minha vida. Por ser uma empresa pequena e que está crescendo muito agora, talvez faltem com boas práticas de gestão. Agora tudo se tornou desanimador, conheço muita gente no mercado, contadores e empresas , e que no minimo havia conseguido 20 contadores novos e 45 empresas para aderirem ao produto. Tinha indicado inclusive para conhecidos fora do estado do Rio de Janeiro. Achava que estava fazendo tudo o que eu podia e o pior, engajada e feliz! Os contadores e as empresas me mandam e-mail até hoje perguntando sobre o produto. Não tenho coragem de dizer o que aconteceu.

    Conselhos para presidência: Ouvir os funcionários, da tempo a tempo para os que estão entrando agora, sentar e conversar , expor o que pode ser melhorado e mudado, dar dicas, e principalmente na hora da entrevista do candidato, ter a certeza que ele pode servir para a vaga. Funcionário é humano e com certeza esta sempre pronto para ouvir feedbacks positivos quanto negativos, mas os feedbacks negativos, nos tempos de hoje, poderiam ser usados como forma de melhoria na empresa em relação a Gestão e as habilidades comportamentais, dar dicas e formas de crescimento, até porque se gasta tempo e dinheiro, para no futuro, não vir a ser um desperdício.

    Recomenda a empresa: Não