• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Desenvolvedor(a) Node.js Pleno / Sênior
Profite em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Desenvolvedor(a) Node.js Pleno / Sênior

DESCRIÇÃO

Desenvolvedor(a) Node.js

Atividades profissionais:
* Estruturar projetos: Front e Back-end;
* Desenvolver o Back-end e banco de dados;
* Participar dos processos da empresa, como Scrum, etc;
* Experiências e/ou qualificações: experiência em aplicações de backend com Node.js, com banco de dados relacional (MySQL / MariaDB).

Você já conhece a Profite? Nós somos a maior implantadora de e-commerce do Brasil. Atendemos clientes como O Boticário, Tim, C&A, Shopfácil, Electrolux, Havaianas, Mizuno entre outros.

REQUISITOS

  • Node.js
  • Back-end
  • Javascript, jquery
  • Git
  • Gulp/grunt
  • Sass/less
  • Ajax
  • Residir no mesmo estado do trampo
Leia mais

Avaliações da Profite


Satisfação geral dos funcionários

2.00
  • Remuneração e benefícios
    2.33
  • Oportunidade de carreira
    1.67
  • Cultura da empresa
    3.33
  • Qualidade de vida
    3.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 2 anos

    Vale a oportunidade

    Analista Programador

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: O ambiente é ótimo, há muita oportunidade de aprendizado, grandes possibilidades de lidar com grandes empresas no ramo de vendas online, boa localização.

    Contras: Salário muito abaixo do mercado, inflexibilidade de horário (mesmo com a possibilidade de compensação), não há muita ligação com a sede de SP.

    Conselhos para presidência: Coloquem salários mais competitivos com o mercado

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Um Avião com Cadeados nas rodas!

    Desenvolvedor Front-end PlenoEx-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: Empresa impecável em aspectos de salário, ambiente, computadores modernos, horário flexível, equipe descontraída, entre outras qualidades que se espera de uma empresa de tecnologia no século 21.

    Contras: A empresa possui uma equipe de médio a grande porte, onde a concentração de conhecimento e autoridade criativa é limitada ao heads, ficando aos analistas somente fazer corno job. Para quem quer crescer não é o lugar. Para quem quer trabalhar em uma empresa bacana, com pessoas legais e fazer sempre a mesma coisa, apagar incêndio lá é o lugar. A empresa têm uma cartela de cliente muito grande que estressa muito a equipe e isso exige que você tenha um jogo de cintura bem treinado.

    Conselhos para presidência: Monitora os pequenos gaps que existem no dia-a-dia. Principalmente multi-função. Saiba reconhecer, não só em forma de beneficio para o funcionário, mas também de forma que o serviço do profissional não seja atrapalhado, por que quem poderia estar ajudando, está ocupado. É preciso monitorar tudo que é conversado com a equipe, e não somente, um "vou ver e te falo" e esquece. Quem vai fazer o job, deverá participar do momento em que ele é escopado para vender, afinal muitas horas da empresa é desperdiçado por que a passagem do comercial é vaga, em tom de "se vira ai".

    Recomenda a empresa: Sim