Love Mondays


Vaga de Consultor De Relacionamento
Cel.Lep em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Consultor De Relacionamento - Portal Do Morumbi

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Comercial, Vendas - Atendimento
  2. Nível hierárquico: Operacional
  3. Número de vagas: 2
  4. Local de trabalho: São Paulo, SP
  5. Estamos em busca de um profissional para atuar com atendimento ao cliente por telefone, e-mail.Irá atuar com registro e acompanhamneto de chamados no CRM,orientação aos clientes, exclarecer dúvidas de atendimento referente ao nossos principais serviços e produtos.Será o primeiro contato do cliente , então a simpatiana vóz será um diferencial

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Médio (2º Grau)
  2. Aplicações de Escritório: Microsoft Excel, Microsoft Outlook, Microsoft PowerPoint, Microsoft Word, Open Office, Microsoft Excel, Microsoft Outlook, Microsoft PowerPoint, Microsoft Word, Open Office

Vaga habilitada para pessoa com deficiência

  1. Auditiva: de 41 a 55 dB - Surdez Moderada
  2. Física: Monoparesia Hemiparesia, Hemiparesia Amputação ou ausência de membro, Amputação ou ausência de membro Membros com deformidades congênitas ou adquiridas, Membros com deformidades congênitas ou adquiridas Nanismo, Nanismo 3.

Benefícios adicionais

  1. Assistência médica, Assistência odontológica, Auxílio creche, Auxílio Educação, Seguro de Vida, Vale-alimentação, Vale-transporte, Assistência médica, Assistência odontológica, Auxílio creche, Auxílio Educação, Seguro de Vida, Vale-alimentação, Vale-transporte
  • Título da vaga Consultor De Relacionamento - Portal Do Morumbi
  • Empresa CEL-LEP

Seguir esta empresa
* Jornada Noturno
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário R$ 1.000,00 a R$ 1.434,00 (Bruto mensal)
* Localidade São Paulo, SP

Leia mais

Avaliações da Cel.Lep


Satisfação geral dos funcionários

2.67
  • Remuneração e benefícios
    2.33
  • Oportunidade de carreira
    2.33
  • Cultura da empresa
    2.89
  • Qualidade de vida
    2.44

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 13 dias

    Perdeu toda a excelência e se tornou um curso medíocre, porém caríssimo.

    Professor de Inglês

    São Paulo, SP


    Prós: O treinamento é intenso e renovado de tempos em tempos. Também há diversas reuniões e encontros dando a oportunidade de troca intensa de experiências.

    Contras: Esses treinamentos não são remunerados e ainda te ameaçam com uma multa pesadíssima caso você saia da empresa antes de determinado prazo (os professores são obrigados a assinar um contrato concordando). Todas as promessas feitas pelo RH deixam de ser cumpridas. Não garantem um número mínimo de horas (o contrato de trabalho estipula UMA hora semanal para o profissional, ou seja: não há qualquer garantia de estabilidade para os professores). Ainda assim, os professores ficam de 5 a 10 horas por dia à disposição do Cel.Lep (mesmo que sua carga seja de, apenas, 2 horas/dia). Professores são reféns de coordenadores que podem dar ou tirar horas de sua carga semanal. A gestão é feita na base da camaradagem e há, de fato, uma panelinha. Se você cair nas graças deles, está com a vida feita; se desagradá-los, eles farão o inferno com você. A empresa trata os professores como vendedores com metas impossíveis de se alcançar, o que é a desculpa perfeita para nunca pagarem a PLR. Professores são registrados como instrutores. Falta de respeito generalizada.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Desvalorização do instrutor. Desqualificação do serviço.

    Instrutor de Inglês

    São Paulo, SP


    Prós: Treinamento de professores com equipe preparada e competente. Respeito na hora do feedback. Educação e polidez dos funcionários. Limpeza do ambiente e dos prédios.

    Contras: Há um treinamento de professores por 2 semanas (6 horas ao dia) sem remuneração ou qualquer tipo de compensação (passagem, refeição), já que referem-se ao mesmo como um processo seletivo. Quem desistir é sujeito a multa de 4 mil reais. Salário baixíssimo, especialmente levando-se em consideração o valor cobrado do aluno e a expectativa que se tem dos professores. Há muito trabalho a ser feito em casa - além da preparação. É necessário corrigir muitas provas, testes, redações, bem como exercícios de casa o tempo todo. Reuniões ou mesmo demais treinamentos/workshops - mesmo após empregado - não são remunerados. Há descontos quando há feriados prolongados. Nunca se sabe como ficará o salário no mês seguinte. O contrato é de 1 hora por semana, ou seja, a empresa não se obriga a dar um mínimo de horas para o professor. Na prática, trata-se de um contrato de zero horas. O salário é de apenas 22 reais a hora/aula. Não há nenhum tipo de incentivo acadêmico. Não há premiações ou incentivos para que o profissional vá além e se sinta estimulado a crescer. Não são promovidos eventos para efetivamente promover interação e integração da equipe nas filiais. É cada um por si, o que gera uma certa indiferença entre os professores/instrutores. O objetivo é muito claro: apenas lucrar em cima dos alunos e dos profissionais. As salas de aula são equipadas apenas com um quadro branco simples e muitas vezes não há sequer caneta marcadora para o professor usar nas salas, ou seja, falta material de trabalho.

    Conselhos para presidência: Investir mais na equipe. Pensar além. Trata-se de uma instituição educacional.

    Recomenda a empresa: Não