• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Camareira De Hotel
Estanplaza Hotels em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Camareira De Hotel

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Hotelaria, Turismo - Governança
  2. Nível hierárquico: Operacional
  3. Local de trabalho: São Paulo, SP
  4. Manter a limpeza e arrumação dos apartamentos de acordo com o padrão estabelecido, bem como
  5. do corredor de acesso aos mesmos.Desejável experiência mínima de 6 meses na função.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental (1º grau)

Benefícios adicionais

  1. Assistência médica, Assistência odontológica, Auxílio farmácia, Cesta básica, Refeição no local, Seguro de Vida, Vale-alimentação, Vale-refeição, Vale-transporte
  • Título da vaga Camareira De Hotel
  • Empresa Estanplaza

Seguir esta empresa
* Jornada Parcial manhãs
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário R$ 1.520,00 a R$ 1.581,00 (Bruto mensal)
* Localidade São Paulo, SP

Leia mais

Avaliações da Estanplaza Hotels


Satisfação geral dos funcionários

3.83
  • Remuneração e benefícios
    3.58
  • Oportunidade de carreira
    3.33
  • Cultura da empresa
    3.50
  • Qualidade de vida
    3.08

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 ano

    boa mas tem condições de ser melhor

    Auditor Interno

    São Paulo, SP


    Prós: boa proposta de empresariado

    Contras: Desarmonia ontem um depende do trabalho do outro

    Conselhos para presidência: cuidado com os nepotismos que destroem a empresa

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 2 anos

    Bela filosofia. Péssima execução!

    RecepcionistaEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: A filosofia proposta pela empresa é fantástica, o modo como podemos interagir com os hóspedes, tratados como convidados, faz com que a experiência seja única em cada atendimento. O reconhecimento que o convidado nos dá em troca, muitas vezes com agradecimentos pessoais ou escritos, mas acima de tudo, sempre com sorriso no rosto. Sentimos que podemos fazer a diferença. A proposta de crescimento da carreira também é bacana, mas como disse, a proposta. Quando entrei a empresa se destacava por ser uma das que melhor pagavam no setor, mas hoje, após diversas reestruturações, não há muita diferença de outras grandes redes.

    Contras: Apesar de existir uma filosofia fantástica, há lideranças que não se adequam à essa filosofia, o que faz com que toda ela se perca e se torne uma mentira. Despreparadas, essas lideranças, vão podando os funcionários de modo que os mesmos se sintam incapazes de colocar na prática tudo aquilo que é dado já nos primeiros treinamentos. No entanto a cobrança para a execução e a prática dessa filosofia é constante e fora das condições que nos são fornecidas. A proposta de crescimento também fica apenas no papel. Muitas vezes a empresa trabalha com vagas confidenciais externas e não dão oportunidade aos colaboradores que já estão na rede, fora de casos onde fica nítido que a promoção já era de cartas marcadas. Há avaliações contínuas dos colaboradores, mas não há acompanhamento em busca de desenvolvimento dos mesmos, não havendo interesse da empresa em desenvolve-los e, muitas vezes, você é tratado como um ser não pensante. Esquecem que muitos fizeram faculdade, cursos técnicos e vêm de outras experiências, e não dão oportunidades a essas pessoas se expressarem. Basicamente a empresa trata você da seguinte forma: faça o que está sendo dito, sempre foi assim, é assim e vai continuar sendo assim, sua opinião não é importante, e coloque nossa filosofia no prática.

    Conselhos para presidência: Há que se pensar na prática e é preciso rever suas lideranças. Em algum momento de seu desenvolvimento elas vão perdendo a essência da filosofia da empresa, e também esquecem que trabalham com seres humanos. Focar no real desenvolvimento dos colaboradores, são seres que pensam, que vivem, que tem experiências que podem ser riquíssimas para a empresa. Rever procedimentos que não dão certo e não apenas joga-los aos setores mais baixos para serem resolvidos e cobra-los por isso. É preciso rever toda a operação, desde o setor de reservas, passando por rh, recepção, restaurante até a administração dos hotéis. Revejam a empresa, aproveitem esse clima de crise que vivem e se renovem, a filosofia pode ser fantástica, mas se o colaborador não sente isso na prática, ele não aprende, não sente interesse em se desenvolver e acaba insatisfeito, executando um trabalho mal feito.

    Recomenda a empresa: Não