Love Mondays


Vaga de Auxiliar Logístico
Decathlon em Embu das Artes - SP

Descrição da Vaga

Auxiliar Logístico - Centro de Distribuição

Recrutamento Auxiliar Logístico - Armazém

O Grupo Decathlon é a maior rede multinacional de distribuição e concepção de artigos esportivos do mundo.

Presente em mais de 30 países no mundo com mais de 1000 lojas, e mais de 85 000 colaboradores apaixonados por esportes, Decathlon esta acelerando suas atividades no Brasil !

Estamos recrutando atualmente: Auxiliar Logístico – Centro de distribuição (BARUERI).

Sentido

Tornar o prazer e benefícios do esporte acessível à todos!

Missão:

Contribuir para atender as demandas de fornecimento das lojas e clientes on-line, nos prazos desejados e com o menor custo possível para tornar possível o nosso sentido.

Responsabilidades :

  • Coleta de Produtos (Picking)
  • Inventário
  • Endereçamento
  • Reposição de Estoque
  • Etiquetagem e controle de qualidade
  • Recepção e expedição de mercadorias

Perfil & Requisitos :

  • Homens e Mulheres a partir de 18 anos
  • Responsável
  • Força de vontade
  • Disponibilidade de horário e para finais de semana / Manhã / Tarde / Madrugada
  • Atitude de Esportista
  • Vontade de crescer e aprender à médio-longo prazo
  • Bom relacionamento para desenvolver trabalhos em grupo
  • Espírito de liderança

Benefícios :

  • Premiação por resultados
  • Vale Transporte
  • Vale de alimentação ou Refeição
  • Convênio Médico e Odontológico
  • Seguro de vida
  • Academia
  • Associação SESC
  • Desconto nas compras nas lojas e site da Decathlon

Se quer encontrar oportunidades, junte se a nós !

www.decathlon.com.br

Leia mais

Avaliações da Decathlon


Satisfação geral dos funcionários

3.26
  • Remuneração e benefícios
    3.42
  • Oportunidade de carreira
    3.09
  • Cultura da empresa
    3.80
  • Qualidade de vida
    2.93

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 3 meses

    É bom sim, mas não tanto quanto divulgam.

    Vendedor Técnico

    São Paulo, SP


    Prós: Avaliação de um vendedor técnico: A quantidade de formações é grande, é possível aprender muito sobre varejo/logística/marketing dentro da empresa pois eles oferecem cursos internamente; os vendedores são legais e bem humorados (a maioria) na maior parte do tempo, fazendo com que o ambiente seja muito amistoso e familiar dentro das lojas.

    Contras: A Decathlon vende seu plano de carreira para os funcionários como algo super moderno e objetivo, mas na verdade o vendedor técnico acaba sendo responsável por: arrumar parcerias esportivas sem ter respaldo de capital ou produtos para negociar, tem que receber produtos, descarregar caminhão com paleteira e no "braço", jogar lixo de caixas e plásticos fora, guardar os produtos que descarregou e tratar eles colocando alarme e etiquetas, tem que manter as gôndolas limpas e arrumadas (chamam de linear), em muitas lojas tem poucos seguranças, contudo, se produtos forem roubados na seção onde você trabalha: você será questionado!, tem que vender os produtos e ser bem avaliado pelos clientes, se a loja receber uma reclamação de um vendedor: uma área da empresa chamada ACE vai comer seu fígado por mais que o cliente esteja errado, aos fins de semana a loja fica uma zona, os RU's não fazem nada e culpam os vendedores por qualquer problema, se você vendedor tem um projeto na sua ficha de evolução (metier) e aparecer uma vaga em outra parte da empresa mas seu RU e o Diretor da loja não quiserem que você vá pro projeto... nem deus te salva e você vai ficar pastando na loja, basicamente se você quer progredir na empresa você vai precisar: trabalhar igual a um condenado em minas de ouro no meio da Savanna no meio da Africa sem reclamar e principalmente vai ter que gastar muito a língua pra tentar ficar amigo do seu gestor (RU) e do diretor da loja; e digo mais:se você fizer exemplarmente tudo que eu disse que você é obrigado, obrigado pois no mapa de processos do cargo consta apenas que você tem que vender, não que você vai descarregar caminhão!, então assim você vai ter que se encaixar na panelinha, as pirâmides do saber fazer e do saber ser... saber fazer = fazer todo o trabalho perfeitamente, calado e com sorriso no rosto e eles dizem que não serve pra nada, te fazem engolir isso ; saber ser = ser puxa saco, eles vão dizer que é a parte mais importante e bla bla blá e que mostra que você se adaptou ao "espírito decathloniano da empresa", mas te garanto: é uma papagaiada pra segurar a sua "onda" pois tem muita gente muuuuito pior que você em cargo de gestão, aí isso serve para te "frear". Quer um conselho?, trabalho em SP mas dizem que em Barueri tem um diretor que é mestre em fazer upgrade na carreira das pessoas... com muito trabalho e dedicação ;)

    Conselhos para presidência: Demorou para o senhor abrir o olho, tire este jaleco que é pura propaganda, você nem gosta dele e faça um projeto de caça aos talentos na Decathlon Brasil; os Diretores contratam muito mal com a conivência de quem está em cima; o senhor disse para vários veículos de comunicação que gasta um pouco mais no processo seletivo... já que gasta um pouco mais... faça os processos serem justos!, tem gente que é contratada pra trabalhar como RU e Diretor de loja que não sabe nem ligar um notebook!!!!, como um ET desse pode ser responsável por Plano de Massa/Lógica de Implantação/Negociar Parcerias/Gestão de Equipe/Pilotagem??? Se não sabe nem planejar o que vai fazer no dia? Se come o café da manhã primeiro ou se almoça??? Pelo amor de Deus!

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 mês

    Vende uma imagem que não é

    Vendedor

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Empresa possui excelentes benefícios como VA/Vr, plano de saude, seguro de vida, gympass e plano odontologico, bom ambiente de trabalho, incentivo ao esporte

    Contras: O colaborador entra achando que é uma empresa maravilhosa, em alguns meses já não aguenta mais, é notória a insatisfação devido a rotatividade de funcionários. Basicamente não existe promoção, o salário é extremamente baixo quando comparado a quantidade de trabalho, eles contratam como vendedor mas na verdade é um escravo faz-tudo e é altamente cobrado. Apesar dos benefícios serem muito bons, não compensam. Uma grande ilusão. Colaboradores totalmente desvalorizados

    Conselhos para presidência: Valorizem seus colaboradores, façam mais contratações para tirar um pouco do peso das costas dos funcionários, é bom lembrar que a escravidão foi abolida em 1888

    Recomenda a empresa: Não