• Vagas
  • Empresas
  • Salários
  • Entrevistas

Vaga de Auxiliar de Audiovisual
Escola Superior De Propaganda E Marketing (ESPM) em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Auxiliar de Audiovisual

Principais atividades
* Montar equipamentos de projeção nas salas de aula e auditórios, atendendo as solicitações dos professores e alunos no prazo e local solicitados;
* Ligar, verificar e manter os equipamentos instalados em condição plena de utilização;
* Operar equipamentos de gravação e projeção de imagens e vídeo, atendendo os padrões de qualidade requeridos para as situações específicas;
* Desligar e desmontar os equipamentos, guardando-os nos armários e fechando com chaves os armários e salas de aula, ao final do dia;
* Identificar necessidades de manutenção preventiva e corretiva, providenciando o encaminhamento do equipamento para assistência técnica, quando necessário.
Conhecimentos desejáveis
* Adobe
* Windows e pacote office
* Conhecimento de cabos RCA, VGA, P2 e P10.
Local: Campus Joaquim Távora
* São Paulo
Horário: 15h às 23h (segunda a sexta) e 13h às 18h (sábado)

Leia mais

Avaliações da Escola Superior De Propaganda E Marketing (ESPM)


Satisfação geral dos funcionários

3.70
  • Remuneração e benefícios
    3.95
  • Oportunidade de carreira
    1.90
  • Cultura da empresa
    3.14
  • Qualidade de vida
    3.62

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 1 ano

    ESPM, uma empresa vivendo de glórias passadas

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: Empresa mantém pagamentos em dia. Instituição reconhecida no mercado de trabalho em sua área. Benefícios acima da média do seguimento educacional, mas, mesmo assim, abaixo da média do mercado.

    Contras: Extremamente burocratizada e verticalizada, escola de comunicação que não se comunica com os seus funcionários, plano de carreira inexistente, falta de transparência em relação à todos os tipos de processos que envolvem procedimentos, mudanças e operações. Ensino defasado, direção alienada do mundo atual, como Associação sem fins lucrativos que remunera exorbitantemente conselheiros e diretores mas que mantêm uma baixa faixa salarial para todos os postos operacionais e de supervisão e coordenação e não investe em infraestrutura tão necessária. Pessoal de Supervisão e coordenação não qualificado para o cargo, escolhidos apenas por critérios políticos e pessoais. Não cumpre acordos sindicais em relação à benefícios, inclusive na concessão de bolsas para funcionários. Funcionários com acúmulo de funções e sem a respectiva remuneração, não cumprimento de contratos de trabalho. Como instituição, vive em função de sua história e, cada vez mais, perde sua relevância dentro do mercado, isso se deve principalmente pela visão míope e mesquinha de conselheiros e presidência, que tratam a empresa como instrumento de agrado a amigos e parentes, transformando-a em um verdadeiro cabide de empregos, negligenciando funcionários de qualidade em nome de interesse e motivações egoísticas. É um absurdo cortar bônus para os funcionários alegando crise financeira e não batimento de metas enquanto a chefia recebe até 2 vezes o valor do salário mensal, isso na mesma época! Qual é a coerência? Se não houve alcance de metas, TODOS, inclusive chefia não deveriam receber nada!

    Conselhos para presidência: Garanta que os funcionários ocupem os cargos por mérito e não por indicação, profissionalize o organograma e elimine postos que existem apenas para agradar interesses pessoais de conselheiros, conselheiros que deveriam servir a associação e não torná-la uma caixa de benesses

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 meses

    Um bom lugar para adquirir experiências.

    Funcionário

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Boa estrutura, bons equipamentos e bons beneficios (Planos de saude, plano adontologico, Vale refeição e alimentação). Possibilidade de fazer uma graduação, especialização ou MBA

    Contras: Não tem crescimento profissional na empresa, se entrou em um cargo, dificilmente subira de nível. O salário poderia ser maior, e o desconto na passagem é o máximo permitido.

    Conselhos para presidência: Caros amigos da presidência, vejam um modelo de crescimento de carreira para os funcionários, com isso evita vocês perderem eles no futuro e aprimora a relação entre os funcionários e a empresa.

    Recomenda a empresa: Sim