• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Analista Programador
Associação dos Servidores Municipais, Estaduais e Federais do Rio de Janeiro (ASSIST) em Rio de Janeiro - RJ

Descrição da Vaga

Analista Programador

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Informática, TI, Telecomunicações - Programador / Desenvolvedor
  2. Nível hierárquico: Analista
  3. Local de trabalho: Rio de Janeiro, RJ
  4. Desenvolvimento e manutenção de sistemas em C. Migração Delphi para C. Análise e desenvolvimento de projetos. Levantamento de requisitos. Modelagem de dados. Suporte técnico a usuários. Elaboração de manuais. Solução de problemas técnicos. Análise de arquivos XML.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Superior
  2. Banco de dados: SQL Server
  3. Programação: ASP, ASP.Net, C#, Dot Net, Java, JavaScript, PHP
  4. Sistemas Operacionais: Windows

Benefícios adicionais

  1. Assistência médica, Assistência odontológica, Auxílio Educação, Refeição no local, Seguro de Vida, Vale-alimentação, Vale-refeição, Vale-transporte
  • Título da vaga Analista Programador
  • Empresa ASSIST

Seguir esta empresa
* Jornada Período Integral
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário R$ 4.000,00 a R$ 5.000,00 (Bruto mensal)
* Localidade Rio de Janeiro, RJ

Leia mais

Avaliações da Associação dos Servidores Municipais, Estaduais e Federais do Rio de Janeiro (ASSIST)


Satisfação geral dos funcionários

0.00
  • Remuneração e benefícios
    0.00
  • Oportunidade de carreira
    0.00
  • Cultura da empresa
    0.00
  • Qualidade de vida
    0.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 ano

    Reflexão sobre o comportamento humano no meio organizacional

    Auxiliar AdministrativoEx-funcionário, saiu em 2013

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Um associação que não trabalha sobre pressão. oferece benefícios, almoço e café da manhã no local. estrutura física boa, bons equipamentos de trabalho e bem localizada. fácil acesso com relação ao meio de transporte.

    Contras: Uma associação que infelizmente não visa no crescimento do funcionário, em ajudá-lo a crescer e permanecer na empresa. em como sistema de trabalho o "puxassaquismo" e com isso é formado "panelinha" que acaba dificultando o dia a dia no ambiente que se torna hostil e desagradável.

    Conselhos para presidência: Vivenciar mais ativamente sobre os acontecimentos no meio organizacional

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 1 ano

    Depois de 2015 a empresa avacalhou!

    Ex-funcionário, saiu em 2015


    Prós: Excelentes Benefícios, localizado no Centro da capital, locomoção de fácil acesso (metrô, trem e ônibus), empresa aceita funcionários sem experiência na área.

    Contras: Depois do ano de 2015 a empresa adotou uma política de vendas mais agressivas através da operação de telemarketing, pressionando-os a vender com cada vez mais controles abusivos. Adotaram uma política de "pausa banheiro" que consiste no funcionário acusar quantas vezes vai ao banheiro passível de reclamações sempre que o funcionário passa de um limite estabelecido por eles como normal. Todos os funcionários comentam que as chefes do financeiro/administração e RH (cujas são filhas do dono da empresa) são pessoas difíceis de lidar e totalmente autoritárias tratando seus funcionários como lixo. Ao trabalhar no Telemarketing pude passar por vexames de desejar bom dia elas e não receber nem um "oi" em retorno, as mesmas entram em cômodos da empresa como se ninguém estivesse lá e só dirigem a palavra para quem lhes é de interesse. Com duas líderes de setor como essas toda empresa se mantém desmotivada a alcançar cargos maiores dentro da empresa para não sofrerem com a pressão imposta por essas duas. De uma empresa que se diz voltada a oferecer benefícios a população, acabou se tornando uma empresa que faz um desserviço para seus próprios funcionários.

    Conselhos para presidência: Favor serem mais humildes e atentas aos seus funcionários, tratá-los como gente e aprenderem a reter talentos de verdade. Controlar seus funcionários dessa forma só vai trazer o pior tipo de funcionários para vocês: o funcionários desmotivado. Eu sei que tentam fazer uma gestão de funcionários eficaz, mas não é assim que funciona.

    Recomenda a empresa: Não