• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Analista JR
Linx em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Analista JR - Contratos

Descrição da vaga:
* Analisar as reclamações de clientes com relação a faturamento. Ajustar as contas conforme análise e reportar o resultados das análises para o cliente;
* Garantir os acertos cadastrais/contratuais necessários para que os ajustes sejam efetivos;
* Garantir o contato com os clientes para retorno ao atendimento;
* Garantir a execução das contestações de contas após as devidas análises garantindo o cumprimento do SLA contratado;
* Interagir junto às demais áreas da companhia no intuito de garantir o pleno atendimento das solicitações de ações de prevenção à reincidência do problema.
Requisitos:
Pacote Office
Perfil Analítico
Atendimento ao Cliente

Leia mais

Avaliações da Linx


Satisfação geral dos funcionários

3.06
  • Remuneração e benefícios
    3.01
  • Oportunidade de carreira
    2.53
  • Cultura da empresa
    2.83
  • Qualidade de vida
    3.05

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 8 dias

    Boa empresa, mas precisa se preocupar mais com os funcionários

    Estagiário de MarketingEx-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: Espaço para aprendizado, oportunidade de trabalhar com novas tecnologias, escritório bem localizado, boa estrutura física, empresa em crescimento

    Contras: Banco de horas, relações de hierarquia precisam ser melhoradas, restaurante da empresa poderia melhorar a qualidade, departamentos não se comunicam 100% bem, salários baixos

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 11 dias

    Porque não trabalhar na Linx

    Analista de Suporte de Sistemas

    Blumenau, SC


    Prós: Não consigo apontar nenhum ponto positivo devido a minha grande insatisfação. Mas sempre tem alguma coisa boa, mas não consigo opinar neste momento.

    Contras: Muita cobrança sem reconhecimento e sem preocupação com a qualidade de vida. Preocupação em apenas entregar metas. Nenhuma ajuda para desenvolvimento e crescimento profissional.

    Conselhos para presidência: Se preocupar mais com o crescimento profissional do funcionário.

    Recomenda a empresa: Não