• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Analista De Virtualização
Central IT em Brasília - DF

Descrição da Vaga

Analista De Virtualização

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Informática, TI, Telecomunicações - TI
  2. Nível hierárquico: Analista
  3. Local de trabalho: Brasília, DF
  4. Verificar o comportamento das máquinas, utilizando a ferramenta de virtualização fornecida pelo cliente. Criar máquinas virtuais. Configurar regras e políticas na ferramenta de virtualização. Emitir relatório de análise de desempenho de máquinas virtuais. Realizar configuração de redes no sistema de virtualização. Criar discos virtuais. Administrar os recursos das máquinas virtuais. Realizar o balanceamento de cargas na ferramenta de virtualização. Verificar armazenamento de discos. Efetuar updates da ferramenta de virtualização.
  5. Necessário ter experiência com administração de ambiente virtualizado VMware.
  6. Certificações exigidas: ITIL e ISO 27002

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Superior

Benefícios adicionais

  1. Assistência médica, Assistência odontológica, Bônus por resultado, Seguro de Vida, Vale-refeição
  • Título da vaga Analista De Virtualização
  • Empresa CENTRAL IT

Seguir esta empresa
* Jornada Período Integral
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário A combinar
* Localidade Brasília, DF

Leia mais

Avaliações da Central IT


Satisfação geral dos funcionários

3.88
  • Remuneração e benefícios
    3.20
  • Oportunidade de carreira
    3.20
  • Cultura da empresa
    3.76
  • Qualidade de vida
    3.68

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há quase 3 anos

    Central IT Avaliação

    Técnico de Suporte

    Brasília, DF


    Prós: A empresa reembolsa certificações, tem ponto eletrônico, paga horas extras e tem banco de horas.

    Contras: Bem a maioria dos cursos oferecidos por esta empresa estão situados em Brasília, onde fica a sede, e nos demais Estados onde tem suas filiais não tem cursos. Só tem só são oferecidos cursos online e ainda sim são muito raros. Agora estão com a ideia de rebaixar técnicos de N2 para N1 e se não aceitarem alguns técnicos N2 serão demitidos para contratarem um N1, enfim é um jeito de forçar a situação ameaçando demitir. Tudo isso porque alguém reclamou no RH que trabalha como N2 e ainda faz trabalho de N1 sem receber por isso. Seria mais simples pagar um pouco a mais para o N2 fazer também o serviço de N1 evitando assim custos maiores com nova contratação e despesas com rescisão de contratos.

    Conselhos para presidência: Os presidentes deveriam ter reuniões com seus funcionárias anualmente para terem uma noção do que realmente acontece na empresa. Deveria haver reuniões de acordo com os cargos, tipo Brasília reunião com todos os gerentes, depois reunião com todos os técnicos N1, depois com os técnicos N2 e etc...

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Melhor do que estar desempregado, mas é bem ruim.

    Analista de Monitoração

    São José dos Campos, SP


    Prós: A empresa é um emprego, em tempos de crise, melhor estar nela do que estar sozinho. Não ha pressão, o trabalho é simples em sua maior parte. O V.A. não é ruim.

    Contras: Não ha a minima possibilidade de crescimento fora da matriz, assim como não há nenhum reconhecimento com os funcionários fora dos principais polos. No meu local, é pré-requisito ter carro, não pode ser moto, tem que ser carro, pois não ha atendimento de transporte publico. O local fica a 12kms da area urbana, e o valor do vale combustivel é de 8 reais dia. Não faço idéia de quem é meu gestor ou o que ele sequer faz.

    Conselhos para presidência: Abra os olhos para os funcionarios esparramados pelo pais. Não somos apenas Brasilia, Goiania ....

    Recomenda a empresa: Não