Love Mondays


Vaga de Analista De Suporte Erp
Shapeness em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Analista De Suporte Erp

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Informática, TI, Telecomunicações - Suporte Técnico
  2. Nível hierárquico: Analista
  3. Local de trabalho: São Paulo, SP
  4. Atuar no atendimento aos clientes que utilizam o ERP da empresa, esclarecendo dúvidas, solucionando problemas técnicos ou operacionais e instruindo-os sobre a melhor forma de utilizar o sistema.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Superior
  2. Inglês (Intermediário)
  3. Aplicações de Escritório: Microsoft Excel, Microsoft Outlook
  4. Sistemas Operacionais: Linux
  5. Outros programas: ERP

Benefícios adicionais

  1. Assistência médica, Vale-transporte
  • Título da vaga Analista De Suporte Erp
  • Empresa SHAPENESS

Seguir esta empresa
* Jornada Período Integral
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário R$ 1.500,00 a R$ 1.700,00 (Bruto mensal)
* Localidade São Paulo, SP

Leia mais

Avaliações da Shapeness


Satisfação geral dos funcionários

4.00
  • Remuneração e benefícios
    1.00
  • Oportunidade de carreira
    2.00
  • Cultura da empresa
    2.00
  • Qualidade de vida
    3.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 2 meses

    Boa empresa, mas poderia ser melhor

    Analista Programador Sênior

    São Paulo, SP


    Prós: A empresa sempre realizou os pagamentos em dia, o ambiente de trabalho é amigável, as pessoas são colaborativas e a empresa tem boa estrutura

    Contras: A empresa não oferece nenhum tipo de benefício as funcionários, não tem um plano de carreira definido e um sistema de avaliação dos funcionários

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Analista Desenvolvedor JúniorEx-funcionário, saiu em 2015

    São Paulo, SP


    Prós: As pessoas são sociáveis e bem-humoradas, havia vários desafios para superar e o ambiente em geral proporcionava boa vivência com coisas que de outra forma não seriam sequer vistas.

    Contras: Havia no geral muita briga interna entre os sócios da empresa, o que ocasionava rigidez nos processos, não havia espaço para argumentação porque o que se usava era o argumento da força e não a força do argumento, havia uma relutância para se sair da zona de conforto e encarar a concorrência do mercado e uma tendência a subestimar o cliente.

    Conselhos para presidência: A diretoria precisa ter uma mente mais aberta para o que há de novo no mercado e tomar cuidado para não ser engolida pela obsolescência.

    Recomenda a empresa: Não