Love Mondays


Vaga de Analista de Suporte e Infraestrutura
AGEO em Santos - SP

Descrição da Vaga

Analista de Suporte e Infraestrutura

Irá apoiar o setor de TI dando suporte técnico a funcionários, manutenção e suporte a serviço de redes (DHCP, DNS, IIS), servidores virtualizados
* Vmware, sistemas corporativos, implantação de novos sistemas e recursos e infraestrutura.
Requisitos:
Formação: Engenharia de Computação, Análise de Desenvolvimento de Sistemas e demais áreas de Tecnologia da Informação;
Conhecimento em suporte técnico nivél I e II, infraestrutura de redes, servidores e ferramentas Microsoft (Pacote Office/ Outlook);
Symantec Backup EXEC;
SQL
* Backup/ Restore
* Query de consultas;
InglÊs (leitura e escrita);
Local de trabalho: Santos com visitas esporádicas em São Paulo.

Leia mais

Avaliações da AGEO


Satisfação geral dos funcionários

2.60
  • Remuneração e benefícios
    2.60
  • Oportunidade de carreira
    1.60
  • Cultura da empresa
    1.80
  • Qualidade de vida
    1.60

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 mês

    Bom lugar para trabalhar, mas precisa de melhorias

    Analista de Recursos Humanos (RH)

    Santos, SP


    Prós: Ambiente de trabalho, relacionamento entre setores, benefícios, empresa tem evoluido em seus programas e modernizado alguns processos. É um bom lugar para se trabalhar.

    Contras: Não têm plano de carreira, o fato de ser local isolado, deveria ter local de descanso mais adequado, falta comunicação, barcas alternativas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Empresa de família.

    Auxiliar de Operações I

    Guarujá, SP


    Prós: Oportunidade de aumentar os conhecimento em área de terminal , como rotinas operacionais envolvendo tancagem e tubulações, todos os elementos envolvidos nestas rotinas.

    Contras: Infelizmente esta mal estruturada, a liderança não esta muito envolvida com o bem estar do colaborador. Assim desenvolvendo atividades que não seria preciso ser feitas.

    Conselhos para presidência: Ouvir os colaboradores, afinal quem faz a empresa correr ou caminhar são os empregados. Se a liderança não transmite confiança, vontade e apatia, fica difícil encontrar alguém para se espelhar.

    Recomenda a empresa: Não