• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Analista De Sistemas
Isban Brasil em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Analista De Sistemas - Administração De Dados

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Informática, TI, Telecomunicações - Administrador de Banco de Dados
  2. Nível hierárquico: Analista
  3. Local de trabalho: São Paulo, SP
  4. Atuar na Arquitetura de Dados fazendo o Quality Assurance dos scripts ens pelas Áreas de Desenvolvimento
  5. Conhecimentos
  6. Sistema Financeiro Nacional
  7. Serviços e Produtos Bancários
  8. Modelagem de Dados e Regras de Normalização
  9. Banco de Dados Relacionais (DB2, Oracle, SQLServer)
  10. Banco de Dados NoSQL (MongoDB, Hbase)
  11. DEVOPS
  12. Erwin
  13. Microsoft Office (Excel, PowerPoint, Word)
  14. Metodologia Agile (Scrum)

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Superior
  • Título da vaga Analista De Sistemas - Administração De Dados
  • Empresa SANTANDER TECNOLOGIA

Seguir esta empresa
* Jornada Período Integral
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário A combinar
* Localidade São Paulo, SP

Leia mais

Avaliações da Isban Brasil


Satisfação geral dos funcionários

3.43
  • Remuneração e benefícios
    3.86
  • Oportunidade de carreira
    3.00
  • Cultura da empresa
    2.86
  • Qualidade de vida
    2.86

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 1 ano

    Básico de uma empresa Capitalista - fator humano zero

    Analista de Projetos e Serviços IIIEx-funcionário, saiu em 2012

    São Paulo, SP


    Prós: A qualidade dos benefícios era garantida por ser o mesmo sindicato dos bancários, isso fazia a diferença. Algumas ações de qualidade de vida, tais como massagem e área de convívio ajudavam também.

    Contras: A pressão de prazos e resultados dimensionados somente para atender o negócio, mesmo que gerasse retrabalho deixavam claros o terrorismo implantado pela cultura estrangeira. A implantação de projetos já espera a correção em produção, ocasionando assim trabalhos mal feitos e horas extras de todos envolvidos. Sem contar a falta de consideração com pessoas mais velhas, pois ter mais de 35 anos é impeditivo para ascensão ou investimento no funcionário, mesmo tendo conhecimento, preferem pagar menos para mais jovens.

    Conselhos para presidência: Sejam mais humanos e realmente pensem que em qualidade.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Não tem consideração por profissionais mais velhos

    Ex-funcionário, saiu em 2012

    São Paulo, SP


    Prós: A participação do RH em ações é positiva, tendo um leque de benefícios bom e salário condizente com o mercado.

    Contras: Ser muito experiente e responsável não é garantia de carreira. Utiliza a política de banco para manter os mais novos e pagar menos.

    Conselhos para presidência: A educação espanhola está stressando seus funcionários, sejam mais profissionais.

    Recomenda a empresa: Não