• Vagas
  • Empresas
  • Salários
  • Entrevistas

Vaga de Analista de Risco Operacional e Controles Internos Jr
Grupo XP em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Analista de Risco Operacional e Controles Internos Jr

Quem somos:

A XP Investimentos é uma das maiores instituições financeiras do Brasil e, há mais de 16 anos, vem transformando o mercado de investimentos no país.

Por meio de assessoria especializada e uma ampla diversidade de produtos, nosso compromisso é apresentar as soluções mais adequadas a cada perfil de investidor, com transparência e objetividade.

Seja nas áreas Comerciais, Operacionais ou Corporativas, na XP não falta espaço para você mostrar seu talento. Procuramos profissionais com performance acima da média e vontade de tirar grandes projetos do papel.

Transforme sua carreira com a XP.

Missão do Cargo:

Contribuir estrategicamente nas rotinas diárias da área de Controles Internos e Riscos Operacionais do Grupo XP, ajudando na melhoria de processos, mapeamentos e relatórios.

Principais Responsabilidades: - Mapeamento de processos (Entrevistas, desenho de fluxogramas e elaboração de manuais de procedimento);
* Identificação e classificação de riscos;
* Teste de desenho de controles;
* Suporte as áreas de negócio;
* Elaboração de relatórios.

Conhecimentos:
* Excel Avançado;
* Bizagi Básico (desejável);
* Inglês Avançado
* Conhecimento sobre produtos financeiros (desejável);
* Experiência em mapeamento de processos;
* Experiência em controles internos.

Formação Acadêmica:

Graduado em Ciências Econômicas, Administração de Empresas, Engenharias, Relações Internacionais e afins.

O que oferecemos:

Remuneração, benefícios, ambiente extremamente desafiador e cultura meritocrática.

Local de trabalho:

Av. Presidente Juscelino Kubitschek 1400.

Se você possui perfil empreendedor, quer revolucionar o mercado financeiro brasileiro, influenciar as pessoas e ajuda-las a investir melhor e ainda transformar sua carreira, aqui é o lugar!

Leia mais

Avaliações da Grupo XP


Satisfação geral dos funcionários

3.76
  • Remuneração e benefícios
    3.78
  • Oportunidade de carreira
    3.98
  • Cultura da empresa
    3.57
  • Qualidade de vida
    2.51

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 25 dias

    Lugar para quem quer fazer história e empreender

    Gestor

    São Paulo, SP


    Prós: A XP possui uma cultura de empreendedorismo muito forte. Percebe-se um comprometimento muito grande da maioria dos funcionários, sobretudo daqueles que possuem como gestores sócios engajados e alinhados com as grandes metas da empresa. Há constante preocupação com inovação, tecnologia e satisfação dos clientes e assessores de investimentos. A empresa quer sempre se manter na vanguarda do mercado financeiro. Quem quer fazer história, aprender muito, se relacionar com pessoas inteligentes e estar sempre fora da zona de conforto, a XP é certamente um lugar fantástico para trabalhar.

    Contras: Estão sendo contratadas pessoas com culturas muito diferentes da pregada pela empresa. Isso acaba gerando alguns desalinhamentos e quebras de expectativas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 2 anos

    Peça para entrar, reze para sair

    Analista Financeiro

    São Paulo, SP


    Prós: Difícil... Algumas pessoas querem fazer a empresa crescer. Não querem fazer política. Estão dispostas a trabalhar para encantar os clientes.

    Contras: RH? Gestão de pessoas? Não! Um agrupamento de pessoas. Batem cabeça. Não conhecem as áreas da própria empresa. Vendem uma gestão do século XXI mas nem DP da para considerar esta área. Usa a desculpa da "agilidade da empresa" para a falta de uma políitica de cargos e salários. As demais áreas? Pura política. House of Cards é fichinha. Um diretor tentando derrubar o outro. Ninguém pensa no bem da empresa, apenas no próprio ego. Salários abaixo do mercado, pagos com a desculpa que "na PL compensa". Organograma é a coisa mais bizarra que já vi em toda a minha vida profissional. Desde coordenadores com gerentes abaixo a gerente com apenas um gerente abaixo. Empresa estremamente machista. Desde diretores que coagem as funcionárias a utilizarem maquiagem até mesmo os que demitem todas as mulheres do time. Mulheres não são vistas como pessoas.

    Conselhos para presidência: Guilherme, não adianta apenas olhar o comercial e achar que o backoffice vai conseguir atender o aumento na demanda.

    Recomenda a empresa: Não