Love Mondays


Vaga de Analista de Projetos e Processos Pleno
Itaú Unibanco (Itaú BBA e Rede) em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Analista de Projetos e Processos Pleno

Buscamos profissionais para atuar em um grande projeto de construção de modelos de excelência operacional para a diretoria de varejo do Banco Itaú.
Competências:
Habilidade de comunicação e interação com parceiros internos e externos;
Ter perfil inovador e atualizado com as tendências de mercado;
Experiência com projetos de melhoria;
Forte capacidade de planejamento, priorização e condução de várias frentes simultâneas;
Capacidade analítica;
Resiliência, capacidade de lidar com pressão, prontidão e senso de urgência.
Perfil empreendedor com forte foco no cliente e capacidade de resolução de problemas;
Desejável experiência em metodologia ágil de gestão de projetos;
Desejável experiência em Gestão da Produção e Operações ou Gestão da Qualidade.
Descrição das atividades:
Estruturar materiais e reports executivos;
Realizar diagnósticos de processos operacionais e de serviço, avaliando o alinhamento da operação com os objetivos estratégicos dos negócios;
Elaborar análises estatísticas para controle e diagnóstico de desempenho operacional;
Desenvolver junto às áreas de negócio projetos de melhoria, redesenho, padronização de processos e paneis de monitoramento e controle;
Identificar junto as áreas de negócio oportunidades de melhoria com o foco na experiência do cliente;
Especificar novos processos através da análise de requisitos, construção de gráficos de fluxo de trabalho, estudos de capacidades do sistema e especificações escritas;
Monitorar o progresso dos projetos pela atividade de controle, resolução de problemas,
publicação de relatórios e roadmap ações.

Leia mais

Avaliações da Itaú Unibanco (Itaú BBA e Rede)


Satisfação geral dos funcionários

4.07
  • Remuneração e benefícios
    4.37
  • Oportunidade de carreira
    3.84
  • Cultura da empresa
    3.92
  • Qualidade de vida
    3.50

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 21 horas

    Ótima empresa, considero uma escola para quem está começando.

    Ex-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Empresa valoriza muito seus funcionários. Desde o início priorizam a cultura de meritocracia, agir como dono e sempre procurar ajudar o próximo. Benefícios e remuneração são um diferencial da empresa.

    Contras: Sinceramente não recordo de ter vivenciado muitos pontos negativos. Talvez a pouca quantidade de encontros pessoas com a alta diretoria, porém é totalmente compreensível a agenda agitada de todos. Mesmo assim os mesmos tentam estar presentes e acompanhar o time.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 2 dias

    Funcionário


    Prós: O salário dentro do mercado de adquirência é dos melhores. Entrega quase todos os benefícios do Itaú, sua holding. Você tem bons equipamentos de informática à disposição, e, por ser uma empresa em reconstrução, boas idéias são sempre bem vindas e muitas vezes implementadas. Aos poucos, as pessoas certas tem ocupado cargos chaves e tem recuperado o prestígio dos tempos áureos. Se você tiver disponibilidade para SP capital, pensar em um cargo interno pode ser um excelente caminho. É uma excelente escola para se almejar maiores vôos devido a complexidade, ecleticidade e dinamismo do trabalho. Aliando-se à uma formação específica, o mercado enxerga o profissional da Rede com muito bons olhos.

    Contras: Extremamente hierarquizada, burocrática nos processos internos e no atendimento ao cliente, que depende totalmente do executivo para entender muito bem os processos internos e quem pode solucionar. Os reconhecimentos de performance normalmente se resumem à comunicados mas sem contrapartida financeira. A empresa adotou o mesmo sistema de promoções do Itaú, ou seja, 10% de aumento muitas vezes em subidas hierárquicas importantes. Fora de SP a oportunidade de crescimento é muito limitada. No canal que atende o Itaú, o ponto de atenção é a relação com os gerentes, pois a cultura é totalmente diferente e os atritos são constantes pendendo sempre o lado do banco. A qualidade de vida do executivo de contas já foi muito pior, mas ainda é ponto de atenção, pois o cargo exige uma resiliência fora do comum para suportar as pressões de todos os stakeholders. Excesso de processos e relatórios inúteis, travam o trabalho. Chega a ser ridículo uma empresa de mais de 2 bi anuais no possuir um ERP e ter todos os seus processos espalhados em micro sistemas alimentando infinitas planilhas de Excel.

    Conselhos para presidência: Empoderar a área comercial. Desburocratizar e desierarquizar ao máximo a companhia. Enxergar melhor os talentos comportamentais e promover a autocrítica, não reprimir como é de praxe.