• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Analista de Projetos de Riscos Júnior
B3 em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Analista de Projetos de Riscos Júnior

O que a área faz: É responsável pela especificação e testes de sistemas para assessorar a administração de risco, na superintendência de contraparte central.
Principais atividades: execução de testes de sistemas de administração de risco, análises de resultado de testes, incidentes de produção e apoio na especificação de novos sistemas de administração de riscos.
Requisitos:
* Superior completo na área de exatas;
* Inglês avançado;
* Cursos de gestão de risco e produtos financeiros;
* Pacote Office avançado;
* Excel avançado; VBA
* Linguagem de programação: C, MATLAB, R ou Python.
* Experiência na área de risco em empresas do segmento financeiro, desenvolvendo atividades de especificação, testes e implantação de sistemas de administração de risco.
Local de trabalho: Centro – SP – próximo ao metrô São Bento
Horário de trabalho: 09:00 às 18:30

Leia mais

Avaliações da B3


Satisfação geral dos funcionários

4.07
  • Remuneração e benefícios
    4.23
  • Oportunidade de carreira
    3.33
  • Cultura da empresa
    3.51
  • Qualidade de vida
    3.86

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 15 dias

    Positiva

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente de trabalho muito colaborativo, com pessoas preocupadas com o desenvolvimento dos estagiários. Política positiva de feedback e treinamentos interessantes.

    Contras: Apesar de os pontos positivos se sobressaírem, acredito que a empresa poderia oferecer um plano de carreiro mais claro e com maior possibilidade de efetivação.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 18 dias

    Empresa boa, chefes nem tanto

    Gerente

    São Paulo, SP


    Prós: Dinamismo, oportunidades de novos conhecimentos, contato com agentes de mercado, possibilidade de conhecer novas tecnologias, facilidade de locomoçao

    Contras: A empresa em si não tem muitos pontos negativos. O que acontece é que determinadas pessoas em cargos de liderança não são lideres, mas chefes, obtendo resultado as custas de amassar o funcionario

    Recomenda a empresa: Sim