• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Analista de Planejamento de Compras
Dafiti Group em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Analista de Planejamento de Compras - Pricing

OBJETIVOS DA FUNÇÃO
Realizar a precificação dos produtos do site e selecioná-los para campanhas, visando otimizar parâmetros como rentabilidade, fluxo de caixa, giro de estoque e abastecimento de canais de vendas.
PRINCIPAIS RESPONSABILIDADES
Update de modelos analíticos, apoio à tomada de decisão, abastecer pools de campanhas com foco em cada canal de venda e garantir a comunicação entre as áreas comercial e marketing.
QUALIFICAÇÕES/COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS
Ensino superior cursando ou completo;
Conhecimento em VBA/SQL;
Inglês avançado
Espirito de liderança.

Leia mais

Avaliações da Dafiti Group


Satisfação geral dos funcionários

3.52
  • Remuneração e benefícios
    3.20
  • Oportunidade de carreira
    2.62
  • Cultura da empresa
    3.29
  • Qualidade de vida
    3.09

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 ano

    Trabalho de startup, crescimento de empresa grande

    Coordenador

    São Paulo, SP


    Prós: Autonomia e responsabilidades. Sempre aberta a melhorias e novos processos. Ambiente descontraido e pessoas qualificadas, possibilitando grande aprendizado.

    Contras: Crescimento lento e salários abaixo da média. Com o crescimento da empresa, as relacoes politicas vem ganhando forca dentro da simples meritocracia

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Para mim, não serviu

    Gestão de Pessoas

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente descontraído, horário flexível, dress code livre. Como a empresa é jovem, é um ótimo cenário para profissionais em início de carreira se desenvolverem.

    Contras: Empresa muito jovem, então ainda não tem uma cultura própria definida. Ao mesmo passo que a descontração é um ponto positivo, algumas áreas parecem confundir descontração com falta de responsabilidade. O RH implantou há pouco mais de um ano a avaliação de desempenho, mas os critérios Ainda não são bem claros a todos. A liderança também é pouco treinada para desenvolver pessoas e lidar com conflitos. A alta gestão não compartilha metas e resultados da companhia, o que na minha opinião, contribui com a falta de engajamento. O turn-over é bem alto. Pedi demissão por não ter perspectivas de crescimento e por não enxergar na minha liderança alguém que pudesse me desenvolver.

    Conselhos para presidência: Compartilhar metas e resultados (dentro do que for possível) de modo a promover o engajamento dos funcionários. Investir em treinamentos para a liderança.

    Recomenda a empresa: Sim