Love Mondays


Vaga de Analista de Monitoramento
FSB Comunicações em Rio de Janeiro - RJ

Descrição da Vaga

DESCRIÇÃO

Procuramos profissional que atue no monitoramento de temas e menções em canais sociais e de notícias por meio de ferramentas de mercado e acompanhamento manual quando necessário.

REQUISITOS

  • Graduação em comunicação social ou áreas correlatas
  • Boa interpretação de texto
  • Ter hábito de leitura de notícias
  • Experiência prévia com monitoramento em ambiente web
  • Conhecimento de ferramentas da área (socialbakers, stilingue, scup, alerts, analytics)
  • Perfil de raciocínio lógico e capacidade analítica
  • Familiaridade com funções intermediárias do excel
Leia mais

Avaliações da FSB Comunicações


Satisfação geral dos funcionários

3.00
  • Remuneração e benefícios
    3.00
  • Oportunidade de carreira
    2.50
  • Cultura da empresa
    2.00
  • Qualidade de vida
    2.42

Recomendam a empresa a um amigo




  • Há 16 dias

    Boa

    AdministrativoEx-funcionário, saiu em 2017

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Bom salario, localização da empresa boa, pessoas qualificadas, atuação em assessoria de imprensa nacional e internacional, bons clientes e boas oportunidades

    Contras: Empresa em que se voce nao se der bem com a cúpula de diretores voce simplesmente nao presta, tem que dançar conforme a música ou get out, esta fora.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 2 meses

    Empresa reconhecida, mas falta inovação

    Analista de Comunicação JúniorEx-funcionário, saiu em 2015

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Experiência desafiadora. O profissional é cobrado ao extremo e, com isso, consegue vencer desafios e melhorar suas habilidades. Bons benefícios, apesar da baixa remuneração.

    Contras: Pouca possibilidade de crescimento e disputas internas desmotivam o profissional. Equipes pouco acolhedoras e alguns profissionais são péssimos de trabalhar. Cultura da empresa ainda muito ligada a um modelo tradicional. Muitas vezes falta inovação e visão inovadora capaz de acompanha novas tendências.

    Recomenda a empresa: Não