• Vagas
  • Empresas
  • Salários
  • Entrevistas

Vaga de Analista de Marketing Digital Júnior
Compre Clicks em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Analista de Marketing Digital Júnior

DESCRIÇÃO

Principais Atribuições:
* Gestão e controle do budget de canais de mídia;
* Definição, implementação e defesa de estratégias de Marketing Digital.

REQUISITOS

  • Requisitos técnicos:
  • Graduação em publicidade e propaganda, marketing ou áreas relacionadas;
  • Conhecimento avançado em planejamento de campanhas online, tais como: google search e display, yahoo, bing, buscapé, lomadee, críteo, google shopping, facebook, linkedin e instagram;
  • Conhecimento avançado em criação, análise e otimização de campanhas de links patrocinados;
  • Experiência com links patrocinados;
  • Conhecimento nas ferramentas google analytics e google adwords.
  • Residir no mesmo estado do trampo
Leia mais

Avaliações da Compre Clicks


Satisfação geral dos funcionários

2.00
  • Remuneração e benefícios
    1.00
  • Oportunidade de carreira
    1.00
  • Cultura da empresa
    2.00
  • Qualidade de vida
    1.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 5 meses

    Má gestão!

    Ex-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: O espaço é dinâmico. Tem refeitório pros funcionários, mesa de ping pong, videogame. A legítima agência bacanuda com escritório descontraído. No geral, a equipe é gente boa e o pessoal busca ajudar um ao outro.

    Contras: A gestão da agência é o que, de fato, impede que ela prospere mais. Os funcionários não são valorizados em termos salariais - e, muitas vezes, na forma como são tratados. Infelizmente, happy hour e premiações não pagam conta mensal. Tem gente na agência que nunca recebeu aumento, mesmo depois de anos de contribuição. Os gestores são despreparados - tanto para lidar com pessoas quando em termos de conhecimento. Pregam o tão falado "suporte à equipe", mas nem todos agem dessa forma. Um dos gestores em especial tem mania de misturar questões pessoais com o trabalho, trata sua equipe de uma maneira duvidosa e é grosseiro em diversos momentos. Por ser open office, todos acabam sendo afetados com o seu despreparo e forma de falar/agir. Os cargos de chefia são ocupados por homens e há apenas uma mulher na gestão. Presenciamos, por muitas vezes, desdém quanto às suas capacidades ou atropelamento da sua autoridade em detrimento de uma palavra final masculina. Falta confiança no trabalho dos colaboradores, existe proteção aos mais próximos do CEO e quem é bom de verdade se vê sem perspectiva de crescimento ou de aumento salarial. Muita coisa é falada, mas quase nada é ouvido e dessa forma a agência jamais vai conseguir prosperar em sua totalidade. Há acúmulo de função. Um colaborador da área de performance, por exemplo, atua como atendimento, mídia e planejamento em um único cargo. Tudo isso para ganhar 2K como CLT e aturar uma gestão que maltrata, que exige e que cobra resultados o tempo todo.

    Conselhos para presidência: CEO, escute mais seus funcionários. Deixe de privilegiar seus amigos e faça o que, de fato, precisa ser feito. Aumente salários - a agência está extremamente defasada em questão salarial e caso ocorra qualquer fiscalização, isso pode prejudicar vocês. Funcionário motivado é funcionário bem reconhecido, e infelizmente nos parece que isso nunca vai vir da parte de vocês. Tantas pessoas incríveis saíram pela má gestão, tanta gente boa não para nos cargos. E se vocês têm o pensamento de que encontram novos funcionários em qualquer lugar, estão enganados. Quase ninguém aguenta por muito tempo trabalhar com acúmulo de funções, com cobrança e pressão em excesso e com salário ruim. É uma pena que isso não seja percebido pelo CEO.

    Recomenda a empresa: Não