• Vagas
  • Empresas
  • Salários
  • Entrevistas

Vaga de Analista de Departamento Pessoal
SambaTech em Belo Horizonte - MG

Descrição da Vaga

Analista de Departamento Pessoal

Requisitos para fazer parte da #FAMILIASAMBA:

  • Jovem – que de espírito – que curta trabalhar (em equipe) pra valer, porque aqui é love <3 work!!
  • Preferir Xbox a PlayStation (só porque temos Xbox mesmo, não precisa vender seu PS4 no Mercado Livre não =D)
  • Passar o dia num ambiente onde cada um tem suas responsabilidades e responde por elas (tipo adulto mesmo)
  • Ter havaianas para ir trabalhar quando tiver aquele calor infinito de BH
  • Ser voluntário na organização de campeonatos de sinuca, totó, Fifa e ping pong a participar de encontros e capacitações internas
  • Suportar um pouco de zuação, porque quando seu time perder ela vai aparecer ;)
  • Curtir tecnologia e seus semelhantes (não vale Crepúsculo, mas vale Matrix)
  • Ser fã de um bom Design, porque é a nossa essência (achou que ia poder zuar os Corel Boys né? Ops!)
  • Querer fazer algo memorável e digno de um busto de bronze na Praça da Liberdade

Como é o dia a dia:

  • Rotinas de admissões, recisões e férias;
  • Processo de fechamento da folha de pagamento;
  • Pagamentos;
  • Controlar/ajustar o ponto eletrônico;
  • Acompanhar a implementação do e-social;
  • Administrar benefícios.

Qualificações:

  • Profissional graduado em Administração, Ciências Contábeis ou áreas afins;
  • Organização e foco em RESULTADO.

Conhecimento necessários:

  • Rotina de departamento pessoal;
  • Encargos e obrigações;
  • Excel avançado;
  • Legislação trabalhista.

Diferencial (vale mais pontos!):

  • Conciliação contábil.

O que oferecemos:

  • Vale Refeição;
  • Vale Transporte;
  • Plano de Saúde;
  • Previdência Privada;
  • Seguro de Vida;
  • GYM PASS;
  • Horário Flexivel.
Leia mais

Avaliações da SambaTech


Satisfação geral dos funcionários

4.50
  • Remuneração e benefícios
    4.06
  • Oportunidade de carreira
    4.11
  • Cultura da empresa
    4.56
  • Qualidade de vida
    4.44

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 3 anos

    Recomendo

    Diretor

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Cultura da empresa é bem diferenciada

    Contras: Poderia ter mais foco nos objetivos

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 4 meses

    Empresa com um enorme potencial, mas tem cometido falhas.

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2017

    Belo Horizonte, MG


    Prós: * A Samba possui uma cultura bem bacana, e dá pra ver que valores como inovação, flexibilidade e respeito são características muito orgânicas. * A empresa te dá grandes desafios e autonomia. Você tem liberdade em opinar e puxar projetos impactantes para o negócio independente da sua posição. * O clima organizacional é fora do sério, incrível. Ambiente bem propício para produzir muito e ao mesmo tempo se sentir em casa. * A estrutura física da empresa é linda e aconchegante.

    Contras: * Precisa melhorar o plano de carreira e a forma de avaliar as entregas e resultados das pessoas (avaliação de desempenho). * Precisa melhorar a questão do planejamento de budget, vários funcionários estão realizando entregas fora da curva e merecem ser movimentados ou reconhecidos, porém muitas vezes isso não acontece por falta de budget - acredito que há uma inversão na priorização dos gastos, gasta-se com coisas que não geram tanto retorno ao invés de gastar com o desenvolvimento e reconhecimento das pessoas. * O produto ainda não escalou o suficiente e há um grande volume de contratações dentro da empresa para a área comercial, para depois ficar um numero elevado de pessoas dentro do time sem bater meta e sem se desenvolver. * falta de alinhamento entre alguns times, como por exemplo comercial e marketing e comercial e CS. * O CEO cobra muito mas não tem o conhecimento real/total do que de fato está acontecendo na empresa, quais são os gaps e as dificuldades do time. Ele só quer o resultado. Sua atenção está voltada muito mais para a sua própria imagem no mercado do que de fato para o que acontece internamente na sua empresa. * Eles querem aproveitar os talentos internos, mas muitas vezes dão oportunidades para pessoas que ainda não estão prontas e nem foram desenvolvidas o suficiente, e isso acaba prejudicando as áreas e os processos (e até a própria pessoa). Os profissionais depois saem pro mercado despreparados e almejando cargos altos de liderança.

    Conselhos para presidência: * Melhorem as práticas de RH, principalmente carreira e desenvolvimento. Tragam pessoas de mercado fodas pra agregarem. Liderança precisa olhar mais pra essa área. * Tragam profissionais fodas de mercado ao invés de ficar só olhando pra dentro, e se tem algum possível talento dentro da empresa, desenvolva-o antes de dar desafios que ele ainda não está pronto. * Escutem seus funcionários e as dificuldades que estão passando com o produto e com os processos. * CEO, olhe mais pra dentro da empresa, escute a opinião da galera, as pessoas também estão sedentas em atingir os resultados almejados. Não adianta só cobrar. Se geral não bate meta, é porque alguma coisa está errada e as vezes não tem a ver com performance, e sim com estratégia.

    Recomenda a empresa: Sim