• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Analista de Compras Pleno
Terral em Goiânia - GO

Descrição da Vaga

Analista de Compras Pleno

Planejamento de compras, cotações, Follow-up com fornecedores, lançamento de notas fiscais, acompanhamento do pedido até entrega final, negociação de contratos com fornecedores, acompanhamento de mercado, descontos e condições de pagamento, além de realizar a aprovação de acordo com o limite estabelecido pelas normas da empresa, elaboração de planilhas e elaboração de relatórios para avaliação de desempenho e redução de custos da serventia
Negociações estratégicas de acordo com a necessidade e orçamento da empresa.
Entregar projetos de redução de custo.
Gestão de fornecedores.

Leia mais

Avaliações da Terral


Satisfação geral dos funcionários

0.00
  • Remuneração e benefícios
    0.00
  • Oportunidade de carreira
    0.00
  • Cultura da empresa
    0.00
  • Qualidade de vida
    0.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 1 ano

    Mais ou menos

    VendedoraEx-funcionário, saiu em 2017

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Muito boa, ajudam a melhorar o desenvolvimento profissional, ajuda a crescer na vida pessoal. Te ajudam a melhorar sempre que você precisar, o salário só poderia ser um pouco mais alto.

    Contras: Pagam muito pouco, muito cansativo , estressante, por trabalhar 6 dias das 10:00 da manhã as 19:00 da noite e ganhar um salário mínimo. Acho um absurdo

    Conselhos para presidência: Aumentar o salário

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 2 anos

    Uma empresa boa mas com a área de RH muito despreparada e gestores consequentemente.

    GerenteEx-funcionário, saiu em 2016

    Aparecida de Goiânia, GO


    Prós: Está em crescimento, salários dos gestores são de acordo com o mercado. No futuro poderá ser uma empresa para construir carreira sólida. Tem perspectiva.

    Contras: Desorganizada, sem métodos e políticas construtivas no momento. Pouco reconhecimento com o funcionário. RH despreparado com mudanças constantes, e consequentemente os antigos gestores.

    Recomenda a empresa: Não