• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Vaga de Analista Comercio Exterior
Stefanini em São Paulo - SP

Descrição da Vaga

Analista Comercio Exterior - Júnior

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Comércio Exterior, Importação, Exportação - Comércio Exterior, Trader
  2. Nível hierárquico: Analista
  3. Local de trabalho: São Paulo, SP
  4. 1. Inglês Intermediário / Avançado – Responder e-mails e falar com o time do Japão e USA esporadicamente
  5. 2. Conhecimento Importação e Exportação
  6. 3. Emissão de Pedido
  7. 4. Conhecimento SAP
  8. 5. Excel intermediário e ou avançado
  9. 6. Perfil com pro-atividade e facilidade com novos desafios
  10. 7. Formado em Administração ou Comércio Exterior
  11. 8. Disponibilidade para horas extras ( quando necessário )

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Superior
  • Título da vaga Analista Comercio Exterior - Júnior
  • Empresa Stefanini

Seguir esta empresa
* Jornada Período Integral
* Tipo de contrato Efetivo – CLT
* Salário R$ 3.000,00 a R$ 4.000,00 (Bruto mensal)
* Localidade São Paulo, SP

Leia mais

Avaliações da Stefanini


Satisfação geral dos funcionários

3.05
  • Remuneração e benefícios
    2.66
  • Oportunidade de carreira
    2.44
  • Cultura da empresa
    2.85
  • Qualidade de vida
    2.94

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 4 meses

    Mediana

    Analista Programador

    Porto Alegre, RS


    Prós: Liberdade de horários, localização dentro da Puc, ambiente agradável de trabalhar, liberdade de dar opnioes, estabilidade no emprego, pessoas com vontade de melhorar.

    Contras: Cultura burocrática da empresa, setor comercial horrível, falta de um plano de carreira, computadores desatualizados, infra estrutura mediana

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 3 anos

    Stefanini

    Desenvolvedor Pleno


    Prós: Benefícios como plano de saúde, combustível, refeição, alimentação, incentivo a tirar certificações.

    Contras: A empresa tem uma estrutura e ambiente mais corporativo, o que de certa forma não incentiva aos funcionários a ser mais criativo.

    Conselhos para presidência: Incentivar os funcionários a serem mais criativo, desenvolver produtos além do que a empresa está habituada. Ser mais que uma fábrica de software, ser uma referencia na inovação e qualidade de vida.

    Recomenda a empresa: Sim