Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Votorantim Cimentos?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 2 anos

    Votorantim Cimentos

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: Amplo leque de oportunidades de crescimento interno. Ouvidoria para denunciar desvios de conduta, segurança do trabalho é o 1º valor da empresa, tem peso no currículo de qualquer profissional, PPR atrelado à metas e que pode chegar até 2,5 salários.

    Contras: Gente & gestão tem uma política muito elitista, principalmente nos programas trainee. O crescimento interno para os colaboradores da operação é muito burocrático e lento, os gerentes e chefes não tem muita força em relação às políticas de gente & gestão e muitas vezes não conseguem reter talentos por causa dessa política.

    Conselhos para presidência: Revisar as políticas de gente & gestão e principalmente os pilares da meritocracia nas unidades, pois acredito que colaboradores talentosos e comprometidos devem ser motivados a ficar e crescer no grupo.

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Votorantim Cimentos

Descrição:Presente no negócio de materiais básicos de construção (cimento, concreto, agregados e produtos complementares) desde 1936, a Votorantim Cimentos é atualmente uma das oito maiores empresas globais do setor, com forte presença nas Américas, Europa, Ásia e África destacando-se pela sua excelência operacional e práticas de gestão. No Brasil, mantém a liderança de mercado com 40% de participação. Possui 60 unidades de produção em praticamente todos os estados brasileiros e 100 centrais de concreto. Comercializa mais de 40 produtos, com destaque para as marcas Votoran, Itaú, Poty, Tocantins, Aratu, Votomassa e Engemix. Na América do Norte, opera 6 fábricas de cimento, 150 unidades de agregados e concreto e possui ainda participações acionárias na Bolívia, Chile, Argentina, Uruguai e Peru. Em 2012, a Votorantim Cimentos passou a atuar também nos mercados da Turquia, Marrocos, Tunísia, Índia, China e Espanha.

Site

RH: quer atrair bons talentos?