Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Volkswagen?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 2 anos

    Desafiante, mas desgastante demais.

    EngenheiroEx-funcionário, saiu em 2015

    São Bernardo do Campo, SP


    Prós: salário, benefícios, tamanho da empresa, contatos com a matriz.

    Contras: Excesso de pressão isso quando não absurda e/ou ilógica, não raramente motivada por egolatria e luta pelo poder de gestores, total falta de reconhecimento, ausência de uma estrutura de salários x competências x carreiras, não remunera diferenciais como formação, capacitação ou idiomas, falta de transparência interna e com cliente, burocracia exagerada, excesso de terceirizações mal conduzidas provocam conflitos e insatisfação com empregados, discurso falso e cretino sobre "equipe", falta de sinceridade, incapacidade de discernir entre desempenho real e de fachada, falta de respeito ao horário de trabalho (principalmente empregados mais capacitados e todos gestores, tachando quem não atende por "não comprometido"), estrutura e relacionamento entre departamentos feudal, excesso de "caciques" e falta de "índios", obsessão por "KPI's", a maioria deles irreais e inverídicos (quantidade não expressa qualidade), gestão de recursos ilógica e injusta (enquanto alguns deptos. consomem vastos recursos com amenidades, outros essenciais estão às moscas), obsolescência e atraso em TI-Tecnologia da Informação, excesso de zelo com produtivos em detrimento da maioria de administrativos, políticas de produtos, preços e serviços suicidas, políticas de RH assemelham-se àqueles das senzalas, sem respeito por ninguém. Uma empresa que não preserva acumula conhecimento, comete sempre os mesmos erros.

    Conselhos para presidência: Necessário urgente choque de boas práticas para aprender a usar motivação real, diferente da usual técnica "senzala e chicote". Estruturar carreiras, aposentar os discursos e ações de fachada, implementar escala de valores realista e verdadeira, atualizar-se urgentemente em termos de TI, implementar ferramentas muito mais eficazes de determinação de falhas de qualidade bem como de processos de solução, implementar políticas de produtos e serviços que atendam realmente os clientes, e não os egos de gestores internos, acabar com o relacionamento feudal entre áreas e departamentos. Rever também os critérios de concessões e operação com revendedores. A concorrência mostra todo dia como se faz.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Volkswagen

Descrição:Instalada no Brasil desde 1953, a Volkswagen do Brasil é a maior fabricante de veículos e é uma das maiores empresas privadas do País. A empresa conta com a maior rede de distribuição, com mais de 630 concessionárias no território nacional, e cerca de 23 mil empregados em suas quatro fábricas: São Bernardo do Campo, Taubaté e São Carlos, em São Paulo, e São José dos Pinhais, no Paraná. Ao longo de sua trajetória de quase seis décadas no País, a Volkswagen do Brasil acumula marcas expressivas: mais de 20 milhões de veículos produzidos, mais de 3 milhões de veículos exportados e vendas internas que superam 17 milhões de unidades. Atualmente, a Volkswagen do Brasil é a segunda maior operação da marca Volkswagen no mundo.

Site

RH: quer atrair bons talentos?