Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Volkswagen?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 3 anos

    Um Dinossauro em câmera lenta.

    Funcionário

    Santo André, SP


    Prós: Empresa cobiçada pelo publico morador da região do ABCDM, por oferecer benefícios e salários justos acima da média do mercado local, porém uma realidade já em mudança onde novos contratados entram numa nova tabela salarial, reduzida em comparação com antigos funcionários. Empresa com ferramentas interessantes para administrar momentos de crises, trazendo estabilidade notável se comparado com outras empresas: Banco de horas / Banco de Dias / Shut Down / Lay off / férias coletivas, PDV. O lado bom da empresa acaba por beneficiar também funcionários sem o minimo de comprometimento com a empresa, o que faz com que alguns tiros saiam pela culatra.

    Contras: Ponto negativo disparado: Nepotismo escancarado em todos os níveis hierárquicos, principalmente média e alta chefia. Troca de favores constantes para driblar politica da empresa que "tenta" inutilmente banir essa prática, cuja norma é não ter parentes subordinados diretamente, por isso as trocas de favores entre chefias de áreas diferentes. Notadamente tem trazido prejuízos delegando poderes a pessoas despreparadas, gerando um sentimento de frustração generalizado para os funcionários que lutam para se encaixar no perfil exigido, e mesmo atingindo, ou superando, jamais será o suficiente para concorrer com os "sangues azuis". Empresa excelente para quem tem parentes com poder na administração. Empresa movimenta projetos como um dinossauro em câmera lenta. Forte departamentalização, cultura retrógrada do "cada um defende o seu lado" em detrimento do bem comum para a Companhia. Falta de ação das Diretorias afim de promover integração e sinergia entre as diversas áreas trazendo grandes atrasos ao desenvolvimento de melhorias, para tornar os processos mais eficientes e robustos. Empresa com forte resistência a mudanças e inovações, extremamente lenta as respostas as necessidades do mercador consumidor, que vem punindo a mesma com o abandono da marca o que tem feito cair paulatinamente a participação de mercado da empresa.

    Conselhos para presidência: Acabar com o Nepotismo, abrir as portas da empresa para profissionais arrojados, com visão ampla do mercado geral e dar liberdade para o trabalho. Muitos excelentes profissionais que vieram de fora sentiram-se sufocados por não conseguir desenvolver nada, devido resistência de outros departamentos ou da própria chefia, por receio que a pessoa pudesse se destacar. Promover a sinergia entre as diretorias, cobrar inovações, redução de custos. A fabrica ainda tem muita torneira aberta, muito pouco se fez na redução de custos. Existe um ditado que diz: Quando a cabeça não funciona o corpo padece. A cabeça da empresa é a presidência e a Direção da empresa, o corpo são os funcionários operacionais. Se a empresa não reagir com inovações, em breve, mesmo com todas as ferramentas de proteção o corpo será penalizado.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Volkswagen

Descrição:Instalada no Brasil desde 1953, a Volkswagen do Brasil é a maior fabricante de veículos e é uma das maiores empresas privadas do País. A empresa conta com a maior rede de distribuição, com mais de 630 concessionárias no território nacional, e cerca de 23 mil empregados em suas quatro fábricas: São Bernardo do Campo, Taubaté e São Carlos, em São Paulo, e São José dos Pinhais, no Paraná. Ao longo de sua trajetória de quase seis décadas no País, a Volkswagen do Brasil acumula marcas expressivas: mais de 20 milhões de veículos produzidos, mais de 3 milhões de veículos exportados e vendas internas que superam 17 milhões de unidades. Atualmente, a Volkswagen do Brasil é a segunda maior operação da marca Volkswagen no mundo.

Site

RH: quer atrair bons talentos?