Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Vila Romana?

Ver todas as avaliações

  • Há quase 3 anos

    Uma empresa que ganha muito, com chances de crescimento, porém peca muito em planejamento.

    Auxiliar de Loja

    São Caetano do Sul, SP


    Prós: Ambiente agradável, horários flexíveis

    Contras: Vale alimentação extremamente baixo, gerentes mau treinados, rotinas cansativas e mau planejadas, "sem" opção de crescimento, baixo nível de influencia em tomadas de decisões, pouco respeito comparado aos demais profissionais, falta de ponto eletrônico para marcação certa de horários de entrada e saída, falta de compromisso da empresa e descaso com o funcionário. Horários abusivos pra alguns funcionários.

    Conselhos para presidência: Olá sou um de seus funcionários que você adoraria saber quem sou pra me demitir, enfim, espero que leia com atenção pois não odeio a empresa a ponto de querer mal dela, mas espero que uma opinião de quem está dentro da mesma possa quem sabe dar um outro rumo ou ajudar a concertar o que "estamos" fazendo de errado.
    Vou citar todos os pontos negativos a fim de relacionar e tentar explicar o porquê isso tudo soa assim e dar uma opinião sobre elas.

    Vale alimentação extremamente baixo: vocês almoçam com um valor de menos de 5 reais? Eu descarrego caminhão, me canso muito e com esse valor só consigo comprar um salgado na rua, fora que dentro da loja eu não paro um segundo, isso é muito pouco pra me satisfazer e repor minhas energias. Só pra lembrar, sou auxiliar de loja;

    Gerentes mal treinados: os gerentes deveriam liderar melhor sua equipe, mas o que vejo são eles impondo seu "poder" pra que a "equipe" venda mais pra que eles, assim como a loja, alcancem resultados, mas a meu ver isso não funciona, deveriam ter um curso de liderança e tratar todos os vendedores igualmente, não deixando aquele que vende mais como favorito e o que vende menos escarrado;

    Rotinas cansativas e mal planejadas: rotina é algo difícil de planejar, mas é algo com o que é preciso sim ter atenção, pois ela influi em como o funcionário vai começar e terminar o seu dia de serviço. Comigo no estoque é imensamente cansativo, os gerentes não cobram os vendedores pra que mudem a postura quando entram no estoque e a rotina de arrumar e arrumar e rearrumar é uma coisa impossível de se acostumar, assim como verificar a PLUs (isso definitivamente deveria ser de quem faz a peça e não do auxiliar de loja). Na realidade as peças deveriam vir perfeitas pra loja pra que esse trabalho não seja imposto pro auxiliar, pois ocupa muito tempo de seu dia. Exemplo: 500 peças de tshirt/polo, tirar do saco, desdobrar, verificar, redobrar, e guardar. Cada uma demora 30 segundos, isso dá um pouco mais de 4 horas, meu horário são 8 horas, 1 hora de almoço sobram 3 horas, sendo que se o caminhão atrasa, ou me chamam pra fazer outra coisa, como dar baixa nos produtos, acabou o dia e faltou guardar as roupas e fazer serviços pelo qual fui designado;

    "Sem" opção de crescimento: pode ser que tenha, mas até agora não vi como. Tem um profissional em minha loja que é "declarado" sub-gerente, porém ele está na loja como vendedor há mais de anos e só agora virou sub, pelo tempo de loja isso é um absurdo, fazendo com que seja quase impossível você ter uma chance de aumentar seu salário. Digo isso pois sou auxiliar de loja e minha escalada até uma gerência ou vendedor é bem maior, se a deles demora, imagine a minha;

    Baixo nível de influência em tomadas de decisões: apesar de eu ter cursos e ser bastante informado, muitas vezes me sinto ignorado a ponto de me desanimar muito em relação aos demais, pois eles podem falar e quando eu vou falar simplesmente me ignoram. Isso é papel de um bom gestor?;

    Pouco respeito comparado aos demais profissionais: imagino que isso seja um costume dado pela gerência da loja e que seja dela essa responsabilidade de fazer com que todos se respeitem, respeitar o trabalho de todos é um dos pilares para o sucesso da loja e satisfação de todos;

    Falta de ponto eletrônico: muitos funcionários chegam a hora que querem e marcam como se chegassem na hora. Acho isso uma grande falta de planejamento da empresa que não dispõe de um ponto eletrônico pra que isso seja punido e feito da maneira correta, pois acaba acostumando o funcionário a fazer uma atitude errada prejudicando os demais;

    Falta de compromisso da empresa e descaso com o funcionário: sei que toda empresa precisa economizar, cortar gastos, mas poxa, não precisam regrar demais. Meu carrinho de trazer as coisas do caminhão está com a roda quebrada faz mais de mês e nada de virem consertar, e olha que já pedi pras "ADMs", e fora isso a alfaiate está sem agulhas adequadas faz muito tempo, ela diz que teve que comprar, pois vocês não mandam quando ela pede;

    Horários abusivos pra alguns funcionários: na minha loja eles pedem pra alguns vendedores dobrarem horários. Independente de ser final de ano ou próximo a feriados, não se pode abusar dos vendedores, na minha loja são 3 querendo sair por esse tipo de conduta.

    Recomenda a empresa: Não